OPINIÃO 📝SANTO ANTº DE JESUS 🤥 Desespero leva médico a mentir, acusar sem provas e tentar assassinato de reputações - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

2 de junho de 2020

OPINIÃO 📝SANTO ANTº DE JESUS 🤥 Desespero leva médico a mentir, acusar sem provas e tentar assassinato de reputações




Você confiaria em um homem que, por motivos fúteis trai o seu melhor amigo, mentor e cuidador? Como podemos designar esse “homem”, ou se aplica ao caso do médico Cristian Ferraz (PP) o verbete: é melhor ter um cachorro amigo do que um amigo cachorro?



Áudios que circulam pelos grupos do submundo da web, especificamente grupos no whatsapp, supostamente vazados pelo próprio autor, mostram a que ponto o ser humano – se é que podemos atribuir esse gênero a essa pessoa – publicou e faz sérias acusações a homens de bem do município com dezenas de ameaças. Veladas, diretas e indiretas. 

O primeiro ponto a ser analisado nesta questão é que, no áudio, o autor se diz vítima do médico Euvaldo Rosa, do prefeito Rogério Andrade, e do vereador presidente da Câmara Municipal, Antônio Barreto Nogueira Neto (TOM), sem apresentar o menor indício de qualquer prova irrefutável das graves acusações que lança sobre estas pessoas. 

São ameaças que recaem sobre os três cidadãos, sem nexo, repetitivas, e, pior, os motivos que revela nos áudios, é o que se pode considerar, inclusive legalmente, motivos torpes. Para piorar, envolve senhoras da sociedade local, cita empresários honestos e de caráter ilibado, como meliantes, e por ai vai, numa saraivada - melhor numa salivada - digna dos porões do presídio da Mata Escura.  

Assassinato de reputações

O Dr Cristian Ferraz alega que alguém ofendeu, maltratou, xingou - ele mesmo não sabe quem foi - a sua esposa e filhos na pagina social no Facebook. No mesmo áudio o acusador repete várias vezes que as supostas agressões estão sendo executadas a mando do conhecido médico e ex-prefeito Euvaldo Rosa.

Ora, ora. Assim fica fácil destilar veneno e sordidez contra qualquer pessoa, sem provas, apenas por que alguém resolveu xingar a mãe de alguém. O simples fato do acusador não esclarecer quem mandou publicar e muito menos estabelecer ligação direta entre quem publicou e os mandantes, já deixa claro que tudo não passa de leviandade.

Ainda: O que salta aos olhos é a maneira mesquinha de atacar a reputação dos seus adversários políticos – até quatro meses atrás, amigos inseparáveis – com uma brutalidade e sordidez digna de Maquiavel e da turma do PT, aliás, agora aliados, especialistas no que está ficando conhecido como assassinato de reputações, tão usual em campanhas pelo Brasil à fora. 

O que há por trás das acusações 


Médico supostamente conceituado na cidade de Santo Antônio de Jesus e região, bem como na capital, o Dr Cristian Ferraz é ex-sócio do ex-prefeito Euvaldo Rosa, na clínica URMEC.

Meses atrás se deixou levar pela ambição e resolveu seguir os ditames do vice-governador João Leão,  que passou a odiar os velhos camaradas Euvaldo Rosa e Rogério Andradeabraçando uma causa perdida no município, qual seja, reestruturar o PP-Partido Progressista e lançar uma candidatura própria, sendo ele mesmo o pré-candidato. 

O pobre homem deixou tudo para trás. Saiu da sociedade, deixou longos anos de vida dedicada ao trabalho sério e se lançou na pior aventura da sua vida: ser candidato antecipadamente derrotado.

Percebendo a burrada que cometeu, descobrindo quem é João Leão e o PP, caiu na real e o momento do desespero chegou e batendo forte. Questiona-se se possivelmente o impacto da descoberta não tenha prejudicando sua sanidade mental, o que desacredita totalmente a sua fala. 

Desespero



E agora? Sem possibilidade de retroceder, quando nada por enquanto, mergulhou em depressão e, sozinho, agora resolve partir para o tudo ou nada numa tentativa patética de afronta à sociedade local, acreditando que por este caminho poderá forçar espaço para a sua candidatura que já nasceu natimorta.

Sim natimorta e ilusória. Não pela sua competência, não pelo fato de ir para uma disputa sem a menor chance contra gigantes da política local, os três grandes líderes, Rogério Andrade – atual prefeito – Euvaldo Rosa e Humberto Leite, ambos ex-prefeitos e com cabedal político inquestionável. 

Chamamos a atenção em artigo recente sobre o que afirmamos acima, e a situação em que o vice-governador João Leão estaria colocando o seu agora pupilo. E não deu outra. Antes dos primeiros movimentos rumo às urnas já começam as baixarias, o desespero e o assassinato da decência. 

Felizmente o que o santantoniense de dentro e de fora tem neste momento é um fato lamentável distribuído aparentemente nas vias do desespero e que não merece o menor crédito, tanto por ter sido colocado na primeira pessoa – um baita desabafo desesperado e chorerê – quanto por não apresentar a menor coerência e provas, mesmo que circunstanciais dos fatos alegados.

Neste ponto há que se questionar, inclusive, a própria sanidade mental do  médico desesperado. É a minha opinião!


  
Imagens :::: Capa - Reprodução Livro do mesmo nome / Assassinato de Reputações de Romeu Tuma Jr. Outras imagens ::: Google / Ilustrativas 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->