SANTO ANTº DE JESUS @ BOLETIM COVID-19 da prefeitura aparenta manipulação e população questiona; está faltando transparência - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

4 de junho de 2020

SANTO ANTº DE JESUS @ BOLETIM COVID-19 da prefeitura aparenta manipulação e população questiona; está faltando transparência



É sabido que a manipulação de boletins sobre contaminação e mortes em todo o Brasil provocadas pelo COVID-19 vem acontecendo diuturnamente. Dá para acreditar apenas na palavra de prefeitos e  secretários de saúde, principalmente depois da liberação de uma pequena fortuna para tratamento do COVID-19 nos municípios? Santo Antônio de Jesus por exemplo, recebeu R$ 9 milhões, mas o prefeito nega.



 Clique na imagem para ampliar
CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR
Em Santo Antônio de Jesus, no recôncavo baiano, 230 km de Salvador, nas inúmeras reuniões que realizou com a imprensa local para tratar sobre o tema, o prefeito Rogério Andrade (PSD) e o secretário municipal de saúde, Leandro Lobo, sempre afirmaram que tudo estava dentro da mais absoluta transparência. 

Até a última coletiva, a cerca de 20 dias atrás, antes de liberar deliberadamente a produção na fábrica de “medicamentos e alimentos” NATULAB – que em seguida apresentou um numero alarmante de contaminados - a coisa começou a mudar. 

De repente, os boletins começaram a trazer números recordes de pacientes contaminados. Um exame básico nos dados dos boletins, mostra que pacientes “contaminados” por COVID-19 tem recuperação recorde, praticamente entre 24 e 72 horas. 

Os números de “contaminados” subiram em média, 300% desde o início da pandemia.

As curas milagrosas também. 

Nas redes sociais o povo não perdoa, inclusive na página oficial da prefeitura no Facebook, cujos comentários desagradáveis para a administração – realistas para o povo – são discretamente deletados. 

Como confirmação do abuso que vem sendo cometido, coincidentemente após a liberação de R$ 9 milhões para o município combater o COVID-19, o BOLETIM COVID-19 liberado pela prefeitura no dia 03.06.2020, é praticamente uma confissão do quanto afirmado. 

Está existindo manipulação? Erro grosseiro? Má fé dos servidores que confeccionam os boletins?

Confira no print da pagina da prefeitura no Facebook, que, no texto é informado que existem cinco pacientes internados e no Boletim está posto que apenas dois pacientes estão na mesma situação. 


A outra questão levantada pelo público é: 

  1. Quem são estes pacientes, ou no mínimo em que bairro estão? 
  2. Dá para acreditar apenas na palavra do prefeito e do secretário de saúde, principalmente depois da liberação de uma pequena fortuna para tratamento do COVID-19, ou seja R$ 9 milhões ?
  3. Como a população pode acreditar que existe este numero recorde de contaminados e curados tão rapidamente se os dados são considerados "assuntos médicos confidenciais"? 
Afinal, quem está mentindo? O secretário de saúde, Leandro Lobo ou é apenas incompetência na confecção dos boletins informativos distribuídos à população?


Imagens ::: Reprodução

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->