Governador Camilo Santana: Fortaleza avança para a fase 4 a partir de segunda (20); restaurantes poderão abrir à noite - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

18 de julho de 2020

Governador Camilo Santana: Fortaleza avança para a fase 4 a partir de segunda (20); restaurantes poderão abrir à noite




O governador também confirmou que a macrorregião de Forlaleza avançará para terceira fase, enquanto que a região do Cariri permanecerá na fase de transição, com as cidades de Juazeiro, Crato, Barbalha, Brejo Santo e Iguatu em isolamento rígido.

Legenda: "Algumas atividades estão sendo reavaliadas, como aulas, clubes, academias, eventos e temos reuniões sendo realizadas e agendadas para definir as próximas fases", disse Camilo



O governador Camilo Santana confirmou nesta tarde que Fortaleza passará para a quarta fase do plano de retomada da economia a partir da próxima segunda-feira (20). O anúnico foi feito durante transmissão ao vivo pelas redes sociais.

Contudo, algumas atividade econômicas que estavam previstas para esta etapa em Fortaleza foram adiadas e seguem sem previsão de liberação, como aulas presenciais; academias; cinemas; bares e eventos. Segundo Camilo, as datas de reabertura desses segmentos devem ser definidas na próxima semana, após reuniões do comitê de saúde com cada um dos setores.

Além disso, a macrorregião da Capital, com municípios no entorno, passarão para a terceira fase do plano de retomada. A macrorregião Norte avançará para a fase 1, enquanto que o Cariri permanecerá na fase de transição, com as cidades de Juazeiro, Crato, Barbalha, Brejo Santo e Iguatu em isolamento rígido. 

O governador do Estado também adiantou que a quarta fase contará com a liberação de novas atividades, possibilitando a abertura de restaurantes no turno da noite. Os empreendimentos poderão ficar abertos até às 23h. 

"Vários atividades estarão liberadas a partir de segunda-feira, como os restaurantes à noite até 23h, mas é importante ressaltar que esse avanço está sendo feito de forma responsável e com zelo para que possamos fazer isso com cuidado. O objetivo é não retroceder com o plano de retomada como aconteceu em outras cidades do mundo", disse. 

Setores adiados

O Sindicato de Educação da Livre Iniciativa do Ceará (Sinepe-CE) defende a retomada das aulas presenciais em um modelo híbrido - com revezamento entre os estudantes - no dia 20 de julho.

Também previsto para voltar na quarta fase, o setor de eventos ficou de fora por enquanto. As perdas da atividade chegam a R$ 173 milhões só em Fortaleza no primeiro semestre deste ano, segundo o Sindicato das Empresas Organizadoras de Eventos e Afins no Estado do Ceará (Sindieventos-CE). Foram encerrados mais de 14 mil postos de trabalho, entre empregos diretos e indiretos.

A Associação Brasileira de Bares e Restaurantes no Ceará (Abrasel-CE) pontuou, após Camilo Santana dizer esta semana que os bares também permaneceriam fechados na fase 4, que "quanto mais tempo demora a retomada do setor, mais tempo é necessário para conquistar a confiança dos clientes", diz.

Fortaleza

Sobre os setores que tiveram a liberação adiada, o prefeito Roberto Cláudio anunciou que as secretarias de Saúde do Estado e do Município já estão dialogando com as respectivas entidades para estabelecer prazos e nossos protocolos de segurança e de cuidados sanitários. 

Ele projetou que algumas das atividades poderão ser liberadas já na segunda semana da fase 4 do plano de retomada. 

"Na segunda-feira já iniciaremos as decisões com as atividades adiadas para que possamos reorganizar o processo de liberação, com definição de protocolos para quem sabe já termos a liberação de algumas dessas atividades já na semana seguinte", disse o prefeito. 

Roberto Cláudio ainda destacou que a implementação da quarta fase na Capital possibilitará a volta às operações para vários empregos. Por conta disso, ele disse que será importante manter os cuidados em seguir as recomendações de distanciamento social para conter o avanço da pandemia. 

"É importante ressaltar que as decisões seguem normas e recomendações sanitárias que estão sendo analisadas pelos especialistas. Temos um cuidado com a vida, e Fortaleza agora passa para a fase 4, com mais atividades sendo liberadas e mais empregos voltando", afirmou.



Foto: reprodução/Internet/Diário do Nordeste

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->