Pela 5ª vez, Justiça Eleitoral impede divulgação de pesquisa para prefeito de Lagarto / SE - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

7 de julho de 2020

Pela 5ª vez, Justiça Eleitoral impede divulgação de pesquisa para prefeito de Lagarto / SE




Pela 5ª vez em menos de 15 dias, a juíza da 12ª Zona Eleitoral de Lagarto, Caroline Valadares Bitencourt, suspendeu a divulgação de mais uma pesquisa eleitoral de intenção de voto para o cargo de prefeito de Lagarto nas eleições deste ano. O levantamento seria realizado e divulgado pelo ALO Sergipe Consultoria, mas foi impedido graças a um pedido de impugnação do Partido Cidadania. 

Cinco pesquisas eleitorais foram impugnadas pela Justiça Eleitoral em Lagarto.


Por Thiago Farias


De acordo com a sigla, a pesquisa registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) estava com o plano amostral desatualizado, não fazendo referência ao percentual de mulheres e homens no percentual de pessoas analfabetas, por exemplo; além de faltar a fonte adquirida pela obtenção dos dados para calculo do plano amostral e ter a ausência do “disco” informativo com os nomes dos candidatos.

Diante disso, em decisão liminar, tomada na última segunda-feira, 06, a juíza eleitoral de Lagarto entendeu que o ALO Sergipe Consultoria infringiu o inciso IV do Art. 2 da Resolução do TSE 23.600/19 e suspendeu a divulgação da pesquisa. “DEFIRO O PLEITO LIMINAR, para determinar a suspensão da publicação da pesquisa ora impugnada, em todos os meios de comunicação, rádio, televisão, jornal, internet, redes sociais, aplicativos de mensagem, sob pena de multa de R$ 40 mil reais pelo descumprimento”, diz a magistrada.

Vale lembrar que somente na última semana, quatro pesquisas para prefeito de Lagarto foram impugnadas pela Justiça Eleitoral. O Instituto França e Disan Empreendimentos Ltda. foram diretamente atingidos nas duas ocasiões e pelos mesmos erros cometidos. Mesmo assim, informações do TSE indicam que nos próximos dias, três pesquisas eleitorais serão divulgadas em Lagarto. Os levantamentos são do Instituto Exclusivo, Disan Empreendimentos Ltda., e Instituto França.


Foto ::: Reprodução / Portal Lagartense

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->