SSP de Sergipe recebe armas não letais e novos computadores - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

7 de julho de 2020

SSP de Sergipe recebe armas não letais e novos computadores



Computadores serão destinados para polícias e perícia e armas não letais para o Batalhão de Choque.



A Secretaria de Segurança Pública de Sergipe (SSP/SE) será equipada com 442 novos computadores, 829 armas não letais e 1500 munições de elastômero - estes são dispositivos conhecidos para desobstrução de aglomerações, distúrbio civis, rebelião em presídios entre outras ações executadas pela Polícia Militar. Os equipamentos foram entregues na manhã desta terça-feira, 7, na sede da SSP.

De acordo com o superintendente executivo da SSP, coronel José Pereira de Andrade, os equipamentos vão beneficiar tanto a Polícia Militar quanto a Polícia Civil. “Os equipamentos que estamos recebendo provém de verbas do governo federal. Apenas os estados de Sergipe, Goiás e Rio Grande do Sul fizeram os trâmites de forma correta e conseguiram receber esse importante aporte. Ao finalizar todas as aquisições, teremos recebido mais de R$ 10 milhões em recursos para a SSP”.

A Polícia Militar recebeu uma remessa de armas não letais, foram 92 espargidores, 578 granadas lacrimogêneas, 79 granadas luz/som, 80 granadas de efeito moral e 1500 munições de elastômero, materiais encaminhados ao Batalhão de Choque. Para o coronel Marcony Cabral, comandante-geral da Polícia Militar, essas aquisições são importantes para o trabalho das polícias estaduais, que vêm apresentando bons resultados com a integração das forças e, mesmo com toda demanda causada pela pandemia da Covid-19, os índices da criminalidade vêm reduzindo cada vez mais.

“São novos equipamentos para o Batalhão de Choque, que precisa estar bem treinado e com materiais de qualidade, são novos computadores e equipamentos. Já entregamos motos e armamento, então é cada vez mais procurarmos dar melhor condição de trabalho aos nossos policiais, para que eles possam dar um retorno à sociedade”, afirmou o coronel Marcony.

Já a Polícia Civil, recebeu novos computadores, equipamentos de última geração, que vão contribuir no trabalho administrativo, atendimento ao público e também nas investigações. Para o delegado de polícia André David, as máquinas chegaram numa boa hora. “Essa renovação foi bastante salutar, porque os computadores eram de uma geração anterior e agora houve uma renovação que vai otimizar o nosso trabalho”.

A Coordenadoria Geral de Perícias também recebeu novos maquinários, foram 30 computadores para o Instituto de Identificação que, dentro dos próximos 30/60 dias estarão gerando novos modelos da Carteira de Identidade. E outros 30 computadores serão direcionados ao Instituto de Criminalística, para serem utilizados nas seções do referido instituto, o que vai ajudar na melhoria do trabalho dos peritos.“Esses computadores serão utilizados nos postos de identificação de todo o estado de Sergipe, para facilitar a emissão desse documento, que é um modelo novo. Alguns desses computadores serão utilizados na informática forense, nós temos cerca de 1200 equipamentos a serem analisados. A chegada desses computadores vai auxiliar, e muito, e maximizar o trabalho dos peritos”, explicou Nestor Barros, coordenador-geral de perícias.


Fotos ::: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->