Apenas sete farmácias de Salvador têm autorização para testes rápidos de Covid-19; veja lista - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

11 de agosto de 2020

Apenas sete farmácias de Salvador têm autorização para testes rápidos de Covid-19; veja lista





Apesar dos testes rápidos de Covid-19 já estarem sendo feitas em farmácias, nem todos os estabelecimentos de Salvador foram considerados aptos pela Equipes da Vigilância Sanitária de Salvador (Visa), vinculada à Secretaria Municipal da Saúde (SMS). O órgão já chegou a suspender o serviço em cinco drogarias que não estavam autorizadas a realizar o procedimento. 

Até o momento, a Visa deu aval para que sete drogarias da cidade apliquem os testes na população. São duas lojas da Pague Menos, na Pituba e na Barra; duas da Drogasil, na Graça e Barra; uma da Globo, na Graça; uma Extrafarma, na Pituba; e uma São Paulo, no Canela. Uma outra unidade da São Paulo, localizada no Jardim Apipema, fez a solicitação e aguarda o processo de autorização. 

As farmácias que tiveram autorização deferida possuem sala para prestação de serviços farmacêuticos e contam com a presença de um profissional legalmente habilitado. O exame também pode ser feito nas unidades públicas de saúde da capital e em laboratórios. 

Para fazer o exame RT-PRC, quando o material é colhido na boca e vias nasais, os laboratórios devem estar autorizados pelo Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen). No caso das drogarias, os testes rápidos só podem ser feitos após o pedido ser aprovado junto à Visa. 

A população pode denunciar casos de irregularidades nos serviços ofertados por laboratórios ou drogarias. A vigilância recomenda que, antes de utilizar o serviço, o cliente verifique se o estabelecimento possui Autorização Especial emitido pela Visa, além checar as condições de higienização e atendimento aos protocolos para prevenção da Covid-19. 

Os canais para encaminhamento das denúncias são Ouvidoria Geral do Município (OGM), pelo Fala Salvador 156, ou através do e-mail visaservicos1@gmail.com.



Foto ::: Reprodução / Veja/Abril / Ilustrativa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->