🌊 Dezenas de pessoas são retiradas de praia em Salvador durante operação; decreto proíbe acesso 🌊 - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

19 de agosto de 2020

🌊 Dezenas de pessoas são retiradas de praia em Salvador durante operação; decreto proíbe acesso 🌊



Ação, realizada por agentes do Grupamento de Operações Especiais (GOE) da Guarda Civil Municipal (GCM), aconteceu no início da tarde desta quarta-feira (19).



Dezenas de pessoas foram retiradas da praia de Amaralina, em Salvador, durante operação realizada por agentes do Grupamento de Operações Especiais (GOE) da Guarda Civil Municipal (GCM) no início da tarde desta quarta-feira (19).

Um decreto municipal proíbe o acesso às praias da capital desde março, com o intuito de evitar aglomerações e ajudar a conter o avanço do novo coronavírus na cidade.

Foram orientados a deixar as praias adultos, que inclusive estavam com crianças, e que também não faziam o uso de máscara.

Outros casos

Guarda Municipal fiscalizou praias de Salvador no final de semana 
Foto: Divulgação/Guarda Municipal


Na segunda-feira (17), seis pessoas foram levadas para a delegacia, em Salvador, por descumprirem o decreto municipal que proíbe o acesso a praias da cidade.

Segundo a Polícia Civil, o grupo se negou a sair da praia e desacatou os guardas. Todos foram ouvidos na 12ª Delegacia, em Itapuã, onde foi lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por desacato. O grupo foi liberado em seguida.

No último fim de semana, Salvador registrou mais cenas de descumprimento do decreto. A operação "Tira o pé da areia", que tem como objetivo orientar a população sobre a proibição de acesso às praias, fiscalizou a orla entre São Tomé de Paripe e Praia do Flamengo.

Entre o sábado (15) e o domingo (16), cerca de 40 agentes da Guarda Civil Municipal, Salvamar, Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop) e Transalvador atuaram na operação. No domingo, mais de 100 pessoas foram orientadas a saírem das praias.

No sábado, um homem que estava na praia do Buracão, no Rio Vermelho, precisou ser levado para a Central de Flagrantes após desacatar os agentes e também por desobediência. Segundo a Guarda Municipal, em cerca de 150 dias de fiscalização, desde que o decreto começou a valer, foram apenas três resistências.



Fotos :::: Guarda Municipal/ Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->