Em Salvador guias e monitores de turismo protestam em frente à ALBA para cobrar aprovação de PL que prevê auxílio para categoria - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

4 de agosto de 2020

Em Salvador guias e monitores de turismo protestam em frente à ALBA para cobrar aprovação de PL que prevê auxílio para categoria




Manifestação foi feita no início desta tarde (3), no Centro Administrativo da Bahia. ALBA informou que não há previsão de votação do projeto.



Guias e monitores de turismo de Salvador fizeram um protesto em frente à Assembleia Legislativa da do Estado (ALBA), no Centro Administrativo da Bahia, em Salvador, no início da tarde desta terça-feira (4).

A categoria cobra a aprovação de um projeto de lei (PL) que prevê o pagamento de auxílio financeiro para os trabalhadores do setor, durante a pandemia do novo coronavírus. O PL 23.845 está em tramitação desde o mês de março, quando os primeiros casos da Covid-19 surgiram na Bahia.

Uma das representantes da categoria, Silvana Góes, pediu que os deputados aprovem com brevidade o benefício financeiro, porque as famílias estão sem renda para o sustento.

“Nós estamos na luta desde março. Estamos pedindo a aprovação do PL 23.845 de 2020, que contempla os guias, monitores e condutores de visitantes do estado da Bahia. São mais de 1.500 famílias sem nenhum subsídio, sem nenhum recurso financeiro. Estamos lutando por todos os colegas, para que sejamos contemplados com a aprovação do PL. Nós viemos pedir aos deputados que votem nosso PL para tramitação e aprovação do mesmo com o governador”, disse ela.

Outro representante da categoria, identificado apenas como Ariel, disse que muitos guias e monitores estão passando dificuldade porque não conseguiram o benefício do governo federal, por isso eles precisam do auxílio previsto pela PL em tramitação.

“Não conseguimos [o auxílio emergencial do governo federal]. A categoria tem passado muita dificuldade, foi uma das categorias mais afetadas, e hoje nos reunimos em busca de um auxílio. Essas famílias têm passado dificuldade. Estamos aqui representando 1.500 famílias que vivem absolutamente do turismo”, disse ele.

Por meio de nota, a Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA) informou que os deputados estão se reunindo remotamente e as votações estão acontecendo de forma virtual, por isso, não há previsão de votação desse projeto de lei.



Foto ::: Reprodução G1/G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->