STJ afasta Wilson Witzel do cargo de governador do RJ; presidente do partido, Pastor Everaldo é preso - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

28 de agosto de 2020

STJ afasta Wilson Witzel do cargo de governador do RJ; presidente do partido, Pastor Everaldo é preso




O Superior Tribunal de Justiça (STJ) determinou o afastamento imediato de Wilson Witzel (PSC) do cargo de governador do Rio de Janeiro devido a suspeita de fraudes em compras na área da saúde durante a pandemia do coronavírus. A informação foi publicada, na manhã desta sexta-feira (28/8), pelo site Uol. Já o presidente nacional do PSC, Pastor Everaldo, foi preso depois de mandado também expedido pelo STJ.

Ainda de acordo com o Uol, a Polícia Federal está nas ruas do Rio de Janeiro para cumprir outros mandados. Ex-secretário de Desenvolvimento Econômico do Estado, Lucas Tristão, é mais um alvo de operação da PF (Polícia Federal) na manhã de hoje.

Não há mandado de prisão contra o governador. Segundo a publicação, homens da PF estão no Palácio Laranjeiras e cumprem mandados de busca e apreensão contra a primeira-dama Helena Witzel. Com o afastamento, o vice-governador Cláudio Castro assume o cargo.

Em nota, a defesa de Wilson Witzel diz que a decisão "desrespeita a democracia". "Ministro Benedito (Gonçalves, do STJ) desrespeita democracia, afasta governador sem sequer ouvi-lo e veda acesso aos autos para defesa. Não se esperava tais atitudes de um Ministro do STJ em plena democracia", diz a nota. Já a defesa de Pastor Everaldo disse que o presidente do PSC "sempre esteve à disposição das autoridades e reitera a sua confiança na Justiça".



Crédito da Foto: Tânia Rego / Agência Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->