STJD suspende presidente do Vitória por 30 dias - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

29 de agosto de 2020

STJD suspende presidente do Vitória por 30 dias




Paulo Carneiro foi denunciado após ameaçar agredir jogador do Ceará.


O Presidente do Superior Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol, Otávio Noronha, suspendeu, na noite de ontem (28), o presidente do Vitória, Paulo Carneiro, por 30 dias.

Decisão atende pedido da Procuradoria da Justiça Deportiva, que denunciou o dirigente por graves infrações cometidas na partida do Leão contra o Ceará, pela Copa do Brasil, ocorrida na última quarta-feira (26), que resultou na eliminação do time baiano do torneio.

No intervalo do jogo, enquanto o meia Vinícius, do Vozão, concedia entrevista, Paulo Carneiro aparece nas imagens ameaçando o atleta. "Você sabe que aqui você apanha, comigo a história é outra. Fica caladinho aí seu vagabundo, lhe dou porrada", disse ele a Vina.

O árbitro da partida também relatou ataques do dirigente. "Após o término do 1º tempo, o Sr. Paulo Roberto de Souza Carneiro, presidente do E.C.Vitória, invadiu o campo de jogo sem utilizar máscara, desrespeitando as diretrizes da competição. O mesmo veio em direção a equipe de arbitragem, e foi contido pelo policiamento. Cito que o mesmo proferiu as seguintes palavras gritando a este árbitro: 'Seu moleque do caralho, vagabundo, sem vergonha, olha a merda que você fez, veio roubar a gente aqui, mas aqui você apanha seu vagabundo'. Sendo que me senti ofendido em minha honra", escreveu Paulo Roberto Alves Júnior, em sua denúncia.

Na decisão, Noronha diz que os fatos relatados são "absolutamente verossímeis", com comprovação, inclusive, por vídeos. Ele ainda afirmou que as cenas vistas são "deploráveis" e que "somente se prestam a malferir o esporte".



Foto : Reprodução/PFC / Metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->