AQUELA QUE TUDO É FALSO 👎 Cátia Raulino exerceu função de confiança no TJ-BA durante quase um ano 👎 - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

21 de setembro de 2020

AQUELA QUE TUDO É FALSO 👎 Cátia Raulino exerceu função de confiança no TJ-BA durante quase um ano 👎



De acordo a remuneração do período que Raulino trabalhou, inicialmente começou com R$ 4,511,77 mil e em julho de 2013 passou a receber R$ 4.954,05.



Acusada de plágio e de forjar uma série de títulos em universidades brasileiras, a suposta jurista Cátia Raulino tinha função de confiança no Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) durante quase um ano. 

Conforme apurado pelo site Metro1, de Salvador,  ela atuou de 15 de fevereiro de 2013 até 22 de janeiro de 2014, no cargo de provimento temporário de Supervisor, TJFC-3. De acordo a remuneração do período que Raulino trabalhou, inicialmente começou com R$ 4,511,77 mil e em julho de 2013 passou a receber R$ 4.954,05.

Ela é acusada de plágio por duas alunas e por uma suposta prática de exercício ilegal de advocacia.

Em uma das lives que fez, Cátia Raulino contou como entrou no TJ-BA. 
Quando cheguei na Bahia em 2011 para implantar o Saj, do Tribunal de Justiça, ainda contratada por essa empresa, o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Mário [Alberto Simões Hirs] convidou para ficar. A implantação acabou. Ele fez: Cátia, fique na secretaria de tecnologia, porque a gente precisa de gente com conhecimento, que está todo mundo que implantou indo embora, e a gente vai ficar sozinho, não vai saber dar manutenção ao Saj'. Eu fiquei, 
relatou.

Em outro momento desta live, Cátia disse que o sucessor de Hirs no TJ-BA, desembargador Eserval Rocha, detestava o sistema de processo eletrônico e a demitiu. "Com um ano no Tribunal de Justiça, houve troca política de presidência. O presidente [Eserval Rocha] que entrou logo depois detestava o Saj, não queria ouvir falar no Saj, 'tem alguém alguém desse povo aí me avisa logo para eu mandar embora'. Aí aconteceu o quê? sobrei, né?", completou.



Foto ::: Conexão In / Reprodução

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->