Em meio a pandemia da Covid-19, festas com aglomeração são registradas em cidades da BA - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

7 de setembro de 2020

Em meio a pandemia da Covid-19, festas com aglomeração são registradas em cidades da BA



Houve registros em Maragogipe, São Felix, cidades do recôncavo da Bahia, e em Tucano, a 252 km de Salvador.


Ao menos três cidades da Bahia registraram festas com muita aglomeração e com pessoas sem máscara, equipamento de proteção indicado para evitar a contaminação do novo coronavírus, durante o final de semana. Apesar da situação, novos casos da doença no estado são contabilizados diariamente.

Segundo informações divulgadas pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), na tarde de domingo (6), a Bahia tem 271.255 casos confirmados de pessoas infectadas pelo novo coronavírus e 5.658 mortes causadas pela Covid-19.

Também no domingo, muitas pessoas estavam nas ruas e sem máscara durante uma festa em São Felix, no recôncavo baiano. Elas dançavam em meio à aglomeração e música alta que vinha de carros espalhados pelo local.

De acordo com a Sesab, São Félix já tem 165 casos confirmados da Covid-19.

Moradores de São Félix fazem festa durante o final de semana. — Foto: Reprodução / TV Bahia


No sábado (5), uma festa com muitas pessoas foi registrada em Maragogipe, cidade que também fica no recôncavo da Bahia. Apesar do vídeo gravado pelos moradores estar com baixa luminosidade, dá para ver que as pessoas estavam sem máscara e também próximas uma das outras.

A cidade já tem 662 casos confirmados do novo coronavírus, conforme a Sesab.

Ainda no sábado, uma festa em um quiosque foi registrado em uma praça do município de Tucano, a 252 km de Salvador. Assim como nos outros registros, havia muitas pessoas no local, sem manter o distanciamento de, no mínimo, um metro, como forma de prevenção conta a Covid-19.

Tucano, segundo a Sesab, já tem 758 registros do novo coronavírus.



Imagens :::: TV Bahia Salvador / G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->