Grupo acampa na porta da Prefeitura de Aracaju e diz que não foi incluído no cadastro de casas populares - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

8 de setembro de 2020

Grupo acampa na porta da Prefeitura de Aracaju e diz que não foi incluído no cadastro de casas populares




Prefeitura diz que já analisou documentação e nenhuma das pessoas que estão no local se enquadra nos requisitos exigidos para concessão do benefício.



Um grupo de pessoas está acampado na porta da sede da Prefeitura de Aracaju, há cerca de seis dias. Eles dizem que são moradores da invasão das Mangabeiras, na Zona de Expansão de Aracaju. E alegam que não foram incluídos no cadastro para casas populares.

A Secretaria de Assistência Social de Aracaju informou que depois de analisar os dados de 109 famílias que dizem ser remanescentes da antiga ocupação das Mangabeiras, e que acamparam em frente ao Centro Administrativo da prefeitura pleiteando auxílio-moradia, constatou que nenhuma delas se enquadra nos requisitos exigidos para concessão do benefício. Os dados dessas famílias foram entregues à secretaria por um representante do movimento recebido em audiência pelas equipes da pasta, no Centro Administrativo.

A secretaria esclareceu ainda que o processo de identificação e cadastramento das famílias da antiga ocupação das mangabeiras, iniciado ainda em abril de 2019, contemplou, com auxílio-moradia, todas as 840 famílias que residiam na localidade.

Após o cadastro inicial, outras 214 famílias passaram a morar na antiga ocupação. Na avaliação feita pelo município, cerca de 170 dessas famílias tinham barracos na localidade e as demais tinham residência fixa. assim, o benefício foi estendido a essas 170 famílias.



Foto: Reprodução/TV Sergipe

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->