Jovem de 17 anos acusa padrasto de abuso contra ela e irmã e é executada a tiros e facadas na Bahia - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

8 de setembro de 2020

Jovem de 17 anos acusa padrasto de abuso contra ela e irmã e é executada a tiros e facadas na Bahia




Uma garota de 17 anos identificada como Edjane Pereira de Souza foi assassinada durante uma discussão ocorrida na casa onde vivia após revelar que ela e uma irmã foram abusadas sexualmente pelo padrasto, que é suspeito do crime, segundo a Polícia Civil. 

A vítima foi executada durante a segunda-feira (7/9) na zona rural do município de Cristópolis, a 794 km de Salvador. Os investigadores do caso já sabem que a vítima relatou para a mãe os abusos sexuais que vinha sofrendo durante dois anos.

Ela admitiu que o homem havia cometido o crime naquele mesmo dia contra a irmã dela, após ter levado a vítima, uma criança, para um matagal. 

A mulher reagiu, discutindo com o companheiro. Durante a briga, Rosimar Pereira de Souza efetuou disparos de arma de fogo contra a adolescente. O suspeito finalizou o assassinato desferindo um golpe de faca contra Edjane, que não resistiu aos ferimentos. 

A mãe da jovem conseguiu escapar sem ferimentos. O padrasto fugiu, alegando que cometeria suicídio, mas não tinha sido visto até a publicação desta reportagem. "O suspeito segue foragido. Temos um mandado de prisão preventiva contra ele, que já foi preso pelo crime de estupro na cidade de Cotegipe", informou o delegado responsável pelo caso, Carlos Ferro.


Crédito da foto :::: Blog do Marcelo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->