Soteropolitana está entre as vítimas de atentado terrorista na França; ACM Neto lamenta - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

30 de outubro de 2020

Soteropolitana está entre as vítimas de atentado terrorista na França; ACM Neto lamenta




CNN, em São Paulo


Uma brasileira é uma das três vítimas do ataque à basílica de Notre Dame em Nice, cidade no sul da França, nesta quinta-feira (29). O Itamaraty confirmou a informação, por meio de nota.

"O governo brasileiro informa, com grande pesar, que uma das vítimas fatais era uma brasileira de 44 anos, mãe de três filhos, residente na França", diz o órgão.

"O presidente Jair Bolsonaro, em nome de toda a nação brasileira, apresenta suas profundas condolências aos familiares e amigos da cidadã assassinada em Nice, bem como aos das demais vítimas, e estende sua solidariedade ao povo e governo franceses."

A pasta destacou que "o governo brasileiro deplora e condena veementemente o atroz atentado" e informou que, por meio do Consulado-Geral em Paris, presta assistência à família da vítima.

O nome dela era Simone Barreto Silva, confirmou a CNN junto a familiares. O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, também lamentou o ocorrido.

Uma das vítimas do atentado terrorista na basílica Notre-Dame, na França, era soteropolitana. Simone Barreto da Silva, de 44 anos, nasceu no Lobato, subúrbio de Salvador, conforme lamentou o prefeito da capital baiana, ACM Neto. "Toda minha solidariedade aos familiares da baiana Simone Barreto Silva", escreveu o gestor.



De acordo com informações preliminares, a cidadã brasileira teria sido ferida no local e conseguido escapar, mas morreu em um café nos arredores.

No final da tarde, o presidente Jair Bolsonaro havia comentado o caso com apoiadores. "Ficamos sabendo de notícias tristes mundo afora, né? Decapitação de pessoas, pessoas não, cristãos na França. Me parece que uma brasileira foi esfaqueada. O mundo tem que se preocupar com isso", disse.

Mais cedo, o prefeito de Nice disse que uma das vítimas do ataque havia sido decapitada — informação que, mais tarde, foi corrigida. De acordo com a polícia, a garganta dela foi cortada. A terceira vítima, um homem, morreu no local após múltiplas facadas. 

De acordo com a polícia, o suspeito é um jovem de origem tunisiana. Os agentes atiraram nele, mas ele está vivo e sob custódia.

O caso ocorre duas semanas depois que um professor ser degolado em Paris após usar caricaturas do profeta Maomé durante uma aula. 




Nota do Itamaraty na íntegra

Ataque terrorista na França - Vítima brasileira

O Governo brasileiro deplora e condena veementemente o atroz atentado ocorrido hoje dentro da Basílica Notre-Dame de Nice, na França, onde um terrorista assassinou três pessoas.
O Governo brasileiro informa, com grande pesar, que uma das vítimas fatais era uma brasileira de 40 anos, mãe de três filhos, residente na França. O Presidente Jair Bolsonaro, em nome de toda a nação brasileira, apresenta suas profundas condolências aos familiares e amigos da cidadã assassinada em Nice, bem como aos das demais vítimas, e estende sua solidariedade ao povo e Governo franceses.
O Brasil expressa seu firme repúdio a toda e qualquer forma de terrorismo, independentemente de sua motivação, e reafirma seu compromisso de trabalhar no combate e erradicação desse flagelo, assim como em favor da liberdade de expressão e da liberdade religiosa em todo o mundo.
Neste momento, o Governo brasileiro manifesta em especial sua solidariedade aos cristãos e pessoas de outras confissões que sofrem perseguição e violência em razão de sua crença.
O Itamaraty, por meio do Consulado-Geral em Paris, presta assistência consular à família da cidadã brasileira vítima do ataque terrorista.


Foto :: Arquivo pessoal / Reprodução

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->