Cabeleireiro é esfaqueado e tem couro cabeludo arrancado por dupla dentro de casa em Salvador; polícia descarta homofobia - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

23 de outubro de 2020

Cabeleireiro é esfaqueado e tem couro cabeludo arrancado por dupla dentro de casa em Salvador; polícia descarta homofobia




O cabeleireiro Rauan Pereira dos Santos, de 29 anos, foi vítima de uma tentativa de latrocínio dentro do apartamento em que mora, no bairro da Vila Ruy Barbosa, em Salvador. O crime ocorreu na madrugada de terça-feira (20/10) e viralizou nas redes sociais após relatos de amigos. 


"Rauan foi torturado e esfaqueado por incontáveis vezes e assim tendo os seus dois pulmões perfurados. Foram dados golpes com uma pedra na sua cabeça o que lhe causou um traumatismo craniano e foi necessário uma reconstrução do crânio. Como se não fosse suficiente, com uma faca, foi arrancada parte do seu coro cabeludo. Por fim, levaram a sua moto e o celular", relatou Ronan Nascimento.

Ainda de acordo com Nascimento, Rauan, que é gay, foi surpreendido por dois suspeitos que foram visitá-lo. Ainda não se sabe se o cabeleireiro já conhecia os agressores. O aparelho celular, uma quantia em dinheiro e a motocicleta da vítima foram levados pelos criminosos. O jovem foi encontrado por populares, inconsciente e agonizando, na sala da sua casa, e socorrido para o Hospital Geral do Estado (HGE).

A Polícia Civil investiga o caso. Segundo o órgão, o titular da 3ª Delegacia Territorial de Salvador (DT/Bonfim), Victor Spínola, já ouviu testemunhas e solicitou imagens de câmeras de segurança dos entornos do apartamento para que sejam analisadas. Uma perícia já foi realizada no local. "Os suspeitos ainda não foram identificados e a investigação não indica que o crime teve motivação homofóbica", disse a Polícia Civil em nota.


Crédito da Foto: arquivo pessoal

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->