Header Ads Widget

Via1

Confusão, dedos no rosto e gritaria: abertura de CPI contra prefeito de Teodoro Sampaio acaba em briga; assista




A Câmara de Vereadores de Teodoro Sampaio, a 96 km de Salvador, foi palco de uma confusão na tarde de terça-feira (27/10). Os vereadores receberam uma denúncia de irregularidades em relação às obras de pavimentação asfáltica da cidade e realizaram uma votação para definir a abertura ou não de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), que acabou aprovada. 

A votação foi realizada em uma sessão aberta ao público e, por isso, tanto apoiadores quanto opositores do prefeito José Alves, conhecido como Bitinho (PP), puderam participar. A presença dos moradores, entretanto, acabou gerando a confusão: um grupo de opositores vaiava os momentos em que apoiadores falavam, enquanto co-partidários aplaudiam e vice-versa.

Segundo o vereador de oposição, Erivaltinho Dias De Jesus, o Valtinho, o alfasto está "derretendo". Outro ponto seria o valor pago à empresa responsável pela obra, de mais de R$ 1 milhão na primeira licitação e superior a R$ 6 milhões na segunda, que não seria condizente ao trabalho realizado de acordo com a denúncia. "A licitação previa quatro centímetros de asfalto e 15 centímetros de base, algo que não ocorreu", explicou ao Aratu On. 

A cidade tem nove vereadores, quatro deles a favor da atual gestão da Prefeitura. "O prefeito mandou que os apoiadores dele viessem pra fazer baderna, pra criar confusão e não ser votada, já que somos maioria e iríamos aprovar a abertura do inquérito. Se eles não tivessem nada a esconder, também votariam para abrir a CPI e investigar, não?!", interrogou Valtinho.


Vídeos do momento da discussão na câmara mostram a população bastante exaltada, gritando e ameaçando brigas. Dois homens, vestidos com blusas de cores rosa e laranja, tiveram que ser contidos por amigos para que não se iniciasse uma briga dentro do local. Em outro vídeo, o homem de blusa laranja volta a aparecer, apontando o dedo na cara de outro morador.
Outra imagem mostra uma confusão generalizada, com diversas pessoas se empurrando próximo ao espaço onde ficam os vereadores. Em todos os vídeos é possível ver as pessoas discutindo sem máscaras de proteção ou com o acessório no queixo, contrariando as regras de isolamento social impostas pela Organização Mundial de Saúde por conta da pandemia do coronavírus.


Com a aprovação da CPI, uma comissão de veradores foi montada para averiguar as denúncias. O prefeito Bitinho, que é candidato à reeleição, deve ser citado para dar seu depoimento em cinco dias. Na semana que vem, outra abertura de CPI será votada pela Câmara. "Outra investigação, dessa vez sobre os carros que estão alugados pela Prefeitura a valores exorbitantes. Esperamos que seja mais tranquila", completou o vereador Valtinho. 


Crédito da Foto: leitor/Aratu On

Postar um comentário

0 Comentários