Fora da reforma administrativa, juízes têm 36% da remuneração em extras salariais - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

4 de outubro de 2020

Fora da reforma administrativa, juízes têm 36% da remuneração em extras salariais






Segundo levantamento da Folha, de R$ 35,2 bilhões brutos desembolsados por tribunais, R$ 12,6 bilhões foram para indenizações, direitos pessoais e eventuais.



Poupados até agora da reforma administrativa, que busca cortar benefícios e penduricalhos na remuneração do funcionalismo público, os juízes brasileiros têm 36% de seus ganhos compostos por extras salariais de diversas naturezas, segundo levantamento do jornal Folha de S. Paulo.

Com base em 871,2 mil contracheques de magistrados remetidos por tribunais do país ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ) de setembro de 2017 a agosto deste ano, o levantamento aponta que de R$ 35,2 bilhões brutos desembolsados pelas cortes, R$ 12,6 bilhões foram para indenizações, direitos pessoais e eventuais.

As três cestas, pagas à parte dos salários, incluem benefícios como o terço de férias e o 13º salário, mas também englobam auxílios de alimentação, saúde e pré-escola, além de ajudas de custo e gratificações.



Foto :::; Veja/Abril - Reprodução / Ilustrativa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->