Homem filmado agredindo mulher com socos em Ilhéus se apresenta à polícia; ele estava foragido - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

21 de outubro de 2020

Homem filmado agredindo mulher com socos em Ilhéus se apresenta à polícia; ele estava foragido



Carlos Samuel Freitas Costa Filho, o homem que foi filmado agredindo uma mulher com socos no rosto em Ilhéus, foi preso na tarde desta quarta-feira (21/10). Ele ficou conhecido após os vídeos do crime terem sido divulgados nas redes sociais e viralizarem, sendo compartilhados por todo o país. Ele estava sendo procurado desde a última quinta-feira (15/10) pela polícia, após um pedido do Ministério Público.

O agressor já tinha prestado depoimento, mas quando a Justiça expediu um mandado de prisão preventiva contra ele, Carlos Samuel não foi encontrado. Samuel já foi alvo de outros três inquéritos por violência doméstica, procedimentos já finalizados e remetidos à Justiça, em 2015 e 2016. Entre as vítimas, estão a mãe do agressor e antigas companheiras.

Agora, ele mesmo se apresentou, junto com dois advogados, na 7ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Ilhéus). Segundo a Polícia Civil, ele passará por exames de lesões e será encaminhado para o sistema prisional. Apesar das imagens terem viralizado na semana passada, o vídeo foi feito em junho. O coordenador da 7ª Coorpin/Ilhéus, delegado Evy Paternostro, informou que o inquérito policial está em fase de conclusão.

RELEMBRE O CASO: 

Nas imagens que registraram o crime, Samuel e a vítima conversam em frente a um carro, estacionado na rua, e a mulher pede para que ele deixe o local. "Me solte e vá embora. Você acha que porque você é amigo de polícia... Eu vou dar queixa de você aqui", diz a vítima, encurralada.

O agressor ainda discute com um outro homem, quem filma pela janela. "Desça aí", intima, ao que a mulher responde, com a voz embargada: "desça não, moço. Ele não tem nada".

Pouco depois, ela pede novamente que ele deixe o local: "Acabou. Desencosta de mim. Pegue sua moto e vá embora". Mas o homem não sai e, em seguida, agride a vítima.



Crédito da foto :::: Internauta /Aratu On

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->