Cúpula do Brics 💰 Bolsonaro diz que OMS e OMC necessitam de reformas💰 - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

17 de novembro de 2020

Cúpula do Brics 💰 Bolsonaro diz que OMS e OMC necessitam de reformas💰



Da CNN, em São Paulo


O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou nesta terça-feira (17) que a OMS (Organização Mundial de Saúde) e a OMC (Organização Mundial do Comércio) precisam de reformas. Bolsonaro discursou durante reunião de cúpula do Brics, grupo de países emergentes que reúne Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul.

“Precisamos reformar as entidades internacionais, a exemplo da OMS e da OMC. A reforma da OMC é fundamental para a retomada do crescimento econômico global. É necessário prestigiar propostas de redução dos subsídios para bens agrícolas, com a mesma ênfase que alguns países buscam promover o comércio de bens industriais”, afirmou Bolsonaro.

O presidente também falou sobre meio-ambiente e o desmatamento na Amazônia. “Estaremos revelando nos próximos dias os países que têm importado madeira extraída de forma ilegal da Amazônia, e alguns desses países, os mais severos críticos ao meu governo no tocante a essa região amazônica. Creio que depois dessa manifestação, que interessa a todos, essa prática diminuirá muito nessa região”, declarou Bolsonaro.

Pandemia

Bolsonaro também falou sobre os desafios que a pandemia do novo coronavírus coloca ao Brics. "Em 2020, o mundo enfrenta uma crise de contornos desafiadores. Mais uma vez, os países do Brics podem desempenhar papel central nos esforços da superação da Covid-19 e da retomada da economia. O caminho para o crescimento econômico depende da cooperação focada em benefícios mútuos e no respeito das soberanias nacionais. Nesse aspecto, o Brics se destaca pela variedade de setores e atividades abrangidas pela iniciativa do grupo. Nossa cooperação deve incentivar a liberdade de criar e empreender. Estou certo de que há espaços para ampliarmos medidas de promoção comercial entre nossos mercados, incentivando uma maior interação entre setores privados de nossos países", disse o presidente.



Foto: Divulgação/Planalto 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->