Inovação deve ser carro-chefe para recuperação do turismo na capital da Bahia, apontam especialistas - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

13 de novembro de 2020

Inovação deve ser carro-chefe para recuperação do turismo na capital da Bahia, apontam especialistas



Pablo Coirolo, Guilherme Dias e Pablo Barrozo destacaram caminhos possíveis na Expo Retomada Salvador.


Com a presença de Pablo Coirolo (Fundador da Crypto Bay Montevideo), Guilherme Dias (jornalista, empreendedor e viajante), Pablo Barrozo (Secretário de Cultura e Turismo de Salvador) e mediação de Rodrigo Paolilo (empreendedor e CEO da Rede+), um dos painéis da EXPO RETOMADA SALVADOR debateu diferentes formas de inovação e como cada uma pode contribuir para a recuperação da cidade nessa fase de retomada do turismo. 

Tecnologia 

Coirolo acredita que o Blockchain e o passaporte sanitário são as ferramentas que podem minimizar o impacto e ajudar a controlar a Covid-19. Segundo ele, essa fase de retomada requer bastante responsabilidade de cada indivíduo. “Não há um só caminho para atingirmos o fim da pandemia. A próxima fase de normalidade vai exigir sacrifícios e a tecnologia vai nos ajudar a chegar lá. A informação de como agir vai ser fundamental”, garante. 

Turismo 

Para Guilherme Dias, a cidade de Salvador deve investir em sua história e a proposta dele para isso é através do turismo étnico. Com sua observação e vivência do site Guia Negro, criado por ele em 2017, ele entende que o turismo ainda é um local de privilégio que poucas pessoas negras conseguem acessar. Em 2018, ele criou a Black Bird, uma plataforma de viagens para inspirar pessoas negras. 

“Salvador é a Meca Negra, aquele lugar que todo negro precisa conhecer. Nosso lema é: Se viajar pode ser transformador, por que não pode ser inclusivo? Queremos que o afroturismo seja cada vez mais realidade”, afirma. 

Comunicação 

Em sua fala, Pablo Barroso, secretário de cultura e turismo de Salvador, pontuou as dificuldades enfrentadas pelo setor desde o início da pandemia. Foi o momento de parar de pensar em trazer pessoas para a cidade e investir em comunicação transparente, credibilidade. 

“Para uma secretaria de Turismo é muito difícil pedir às pessoas para ficarem em casa e não virem ao seu município. Mas desde o início nossa prioridade foi respeitar a vida das pessoas e hoje Salvador é conhecida por isso”, conta. 

“Fomos a primeira cidade do Brasil a receber o selo Safe Travel. Isso só foi possível pela nossa conduta. Para isso, foi preciso olhar Salvador como um todo, e foi preciso nos uni. Com certeza essa atitude renderá bons frutos. Um deles já estamos colhendo aqui neste evento", afirma. 

Expo Retomada 


Com inscrições esgotadas, o evento teste Expo Retomada Salvador pôde ser acompanhado também pelas redes sociais. As palestras foram transmitidas ao vivo pelo canal do Centro de Convenções Salvador no YouTube e pelo perfil no Instagram (@ccs_salvador). 

A Expo Retomada Salvador é um evento promovido pela GL events que visa demonstrar na prática a aplicação de protocolos para a realização de eventos seguros, além de apresentar tendências para o setor.  



Fotos ::: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->