Bolsonaro é condenado a indenizar jornalista após falsa acusação de fake news - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

sexta-feira, dezembro 11, 2020

Bolsonaro é condenado a indenizar jornalista após falsa acusação de fake news



Presidente acusou profissional da imprensa de ter escrito uma matéria que não era de sua autoria.


O Antagonista


O presidente Jair Bolsonaro foi condenado na última quinta-feira (10) a indenizar a jornalista Bianca Santana em R$ 10 mil por danos morais após atribuir uma matéria, que segundo ele, era falsa, a ela.

No dia 28 de maio, em uma de suas tradicionais lives transmitidas pelas redes sociais, Bolsonaro acusou a jornalista de escrever fake news por conta de uma reportagem que vinculava pessoas próximas dele com acusados do assassinato de Marielle Franco .
Continua após a publicidade

Contudo, meses após a fala, Jair Bolsonaro se retratou e admitiu que ele disse inverdade:

" Fiz a referência a várias reportagens de fake news, e uma falei que era dela. Não era dela, tinha o nome dela lá embaixo. Houve equívoco da minha parte. Não era da jornalista Bianca Santana, minhas desculpas a Bianca Santana por esse equívoco nosso".

Por conta da falsa acusação, Bianca entrou com um processo contra o chefe do executivo, pedindo R$ 50 mil de indenização. O juiz César Augusto Vieira Machado, do Tribunal de Justiça de São Paulo o condenou, mas diminuiu o valor para R$ 10 mil .

A profissional da imprensa comemorou a decisão, e declarou que "só a luta muda a vida":

Bianca Santana afirmou que pretende repassar o valor ganho na causa ao Instituto Marielle Franco , uma organização sem fins lucrativos que cria ações sociais em prol de mulheres negras e periféricas.




Fonte: iG / Foto :::: Reprodução Agencia Brasil 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->