Em grande "dança das cadeiras", coronel Sturaro é exonerado do cargo de comandante de operações da PM da Bahia - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

quarta-feira, janeiro 27, 2021

Em grande "dança das cadeiras", coronel Sturaro é exonerado do cargo de comandante de operações da PM da Bahia




A primeira grande mudança na Polícia Militar na era do novo comandante-geral, coronel Paulo Coutinho, foi publicada nesta quarta-feira (27/1) no Diário Oficial da Bahia. Dezenas de novidades foram praticadas em Comandos de Policiamento, Companhias, Batalhões e Especializadas. Um dos nomes incluídos na "dança das cadeiras" está o do coronel Humberto Sturaro, que chefiava o Comando de Operações Policiais, posição estratégica na PM.


No último final de semana, o oficial superior publicou um vídeo no Instagram em forma de desabafo, mas sem citar nomes. "[...] Não tenho mais porquê ter sapo na garganta, querendo botar para fora. O que não fica bem para um coronel, é não ter coragem de olhar nos olhos de um superior e do seu subordinado, não ter o reconhecimento da sua tropa, não ser olhado como líder [...]", frisou o então comandante do COPPM, que não foi nomeado para nenhuma nova missão. 

Agora, o ex-comandante de Policiamento da Região Atântico da Capital, coronel Manoel Xavier, assume o lugar de Sturaro. O ex-chefe da Companhia Independente de Policiamento Tático (CIPT/Rondesp Atlântico), major Edmundo Assemany, vai ficar na coordenação do COPPM. Para o lugar dele na Rondesp ficou nomeado o também major Valdino Sacramento, que estava à frente da 40ª Companhia Independente (CIPM/Nordeste de Amaralina). 

Diversas Companhias Independentes em Salvador e no interior da Bahia têm novos chefes, a exemplo das unidades localizadas nos bairros do Barbalho, Cajazeiras, Barra, Lobato, Itapuã, Comércio, Uruguai, Brotas, Nordeste de Amaralina, Pau da Lima, Sussuarana e Sete de Abril. 

POLÍCIA CIVIL 

Também com gente nova na gestão, a delegada Heloísa Brito, a Polícia Civil promoveu mudanças em unidades, conforme assinado pelo governador Rui Costa (PT) também no Diário Oficial desta quarta-feira. 

As principais alterações estão no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e no Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco). Agora, a delegada Andrea Ribeiro está à frente do DHPP, no lugar de José Bezerra, que foi nomeado para a diretoria do Draco. O Departamento de Polícia Metropolitana (DEPOM) também tem uma importante mudança. Sai Fernanda Porfírio e entra a delegada Cristiane Inocência. 

As exonerações e nomeações completas tanto na PM quanto na Polícia Civil podem ser acessadas clicando aqui.



Crédito da Foto: Camila Souza/GOVBA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->