Anvisa retira exigência de estudo em fase 3 para vacina russa Sputinik V e governo baiano comemora - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é
PrefSSA

quarta-feira, fevereiro 03, 2021

Anvisa retira exigência de estudo em fase 3 para vacina russa Sputinik V e governo baiano comemora



A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) irá modificar os requisitos mínimos para pedidos de uso emergencial de vacinas para Covid-19 nesta quarta-feira (3/2), segundo a CNN.


Com a mudança, a pasta não fará mais a exigência de que a vacina esteja com testes na fase 3 sendo realizados no Brasil, o que poderá permitir a compra da vacina russa Sputinik V pelo Governo da Bahia.

A União Química, farmacêutica que pediu a liberação provisóriado imunizante, não conseguia a autorização para completar o estudo com brasileiros. Mesmo assim, o pedido de uso emergencial já está pendente desde meados de janeiro, quando foi suspenso pela Anvisa.

A mudança não retira a exigência de apresentação de outros documentos pendentes, mas facilitará que tanto a Sputinik V seja aprovada quanto a Covaxin, da indiana Bharat Biotech, peça a autorização para uso.

Nas redes sociais, o secretário de Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, elogiou a decisão. "Depois de mais de um mês de batalha e 30 mil mortes depois, felizmente prevalece o bom senso. Parabéns Rui Costa. Essa sua vitória é de todo o povo brasileiro. Parabéns à Anvisa por ter revisto suas exigências".




Crédito da Foto: Agência Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

NE-Sem fome
-->