Palácio dos Esportes, antigo palco de eventos da sociedade baiana em Salvador, vai virar hotel - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

14 de fevereiro de 2021

Palácio dos Esportes, antigo palco de eventos da sociedade baiana em Salvador, vai virar hotel




Projeto de lei foi aprovado na Assembleia Legislativa e segue para a sanção do governador Rui Costa; Palácio representou uma revolução no estilo arquitetônico nas Américas.


Situado ao lado da estátua de Castro Alves e do Hotel Fasano, no Centro Histórico de Salvador, o Palácio dos Esportes, pertencente ao Estado da Bahia, será vendido para dar lugar a um hotel, conforme divulgado nesta sexta-feira (12), pelo portal oficial do Governo do Estado. A ideia é criar um "novo empreendimento turístico".

Segundo o secretário de Turismo do Estado, Fausto Franco, somente devem participar do certame empresas interessadas na aquisição do imóvel para a criação de empreendimento turístico. De acordo com o secretário, a decisão vai colaborar com a implantação de um "polo de luxo na área central de Salvador".

O projeto de lei, que prevê a alienação do imóvel, foi aprovado na Assembleia Legislativa, em sessão realizada na quinta-feira (11), e segue para a sanção do governador Rui Costa.

Construído por volta de 1806, o Palácio dos Esportes representou uma verdadeira revolução no estilo arquitetônico dos prédios das Américas. Após a sua fundação, o local abrigou o Teatro São João. O espaço foi palco de eventos voltados à sociedade baiana, como debates públicos, políticos e declamação de poesias. Entre os frequentadores, já estiveram Ruy Barbosa, J.J Seabra e Otávio Mangabeira.

Em 1923, um incêndio destruiu completamente as instalações. O prédio atual, construído na década de 1930, em estilo art déco, passou a abrigar a sede da Secretaria da Agricultura do Estado. Anos mais tarde, passou a abrigar federações esportivas e foi batizado pelo então governador ACM como Palácio dos Esportes.


Foto : Ascom/Setur

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->