Por unanimidade, ministros do STF decidem manter prisão do deputado Daniel Silveira - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

quarta-feira, fevereiro 17, 2021

Por unanimidade, ministros do STF decidem manter prisão do deputado Daniel Silveira




Avaliação no STF é que o deputado fez um gesto claro de ameaça e intimidação ao Supremo.



Por unanimidade, os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiram, na tarde de hoje (17), manter a prisão do deputado bolsonarista Daniel Silveira (PSL-RJ). O ministro Alexandre de Moraes determinou ontem (16) sua prisão em flagrante por crime inafiançável, após o parlamentar divulgar um vídeo com discurso de ódio contra os integrantes da Corte.


A avaliação no STF é que o deputado fez um gesto claro de ameaça e intimidação ao Supremo, numa tentativa de testar os limites do colegiado. Moraes, que foi o primeiro a falar, começou argumentando que a Constituição brasileira não permite a disseminação de ideias contrárias ao Estado democrático.

"As manifestações de Daniel Silveira por meio das redes sociais revelam-se gravíssimas, não somente do ponto de vista pessoal, mas principalmente institucional e do estado democrático de direito", afirma. O ministro do STF disse ainda que o vídeo não pode ser enquadrado como "liberdade de expressão" por conter "manifestações criminosas e inconsequentes".



Foto : Reprodução/TV Justiça

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->