Prefeito Bruno Reis anuncia suspensão de atendimento em repartições e limitação de comércio em bairros em Salvador - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

19 de fevereiro de 2021

Prefeito Bruno Reis anuncia suspensão de atendimento em repartições e limitação de comércio em bairros em Salvador



Medida de limitação de horário vale para os bairros da Pituba, Brotas e Itapuã. Aulas presenciais seguem suspensas; prefeito de Salvador também anunciou 10 novos leitos de UTI.


A prefeitura de Salvador anunciou, em entrevista coletiva nesta sexta-feira (19), a abertura de 10 novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para tratamento da Covid-19, a suspensão de atendimento ao público nas repartições municipais e limitação de horário de comércio para alguns bairros.

Os 10 novos leitos de UTI foram abertos já nesta sexta, na tenda de apoio à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro de Valéria. De acordo com o prefeito Bruno Reis, todos os 10 leitos têm respiradores e podem entubar pacientes.

A tenda vai funcionar 24 horas, todos os dias da semana, com o apoio de 74 trabalhadores da saúde, entre eles: médicos, enfermeiros, nutricionistas e técnicos de enfermagem. O investimento mensal para manter a unidade será de R$ 674 mil por mês.

Bruno Reis também explicou que, com os leitos que estão sendo abertos e os que estão previstos para entrar em funcionamento, Salvado passa a quantidade de leitos que tinha na primeira onda da pandemia.

“Nós já reabrimos mais leitos do que nós tínhamos na primeira onda. Precisa ficar claro, porque eu vejo as pessoas perguntarem. Nós vamos assumir todo o Hospital Salvador e vamos abrir pelo menos 20 leitos. Reabrindo esses 20 leitos, vamos superar, somados aos leitos que o estado já está mobilizado na Arena Fonte Nova e somados aos leitos do Hospital Eládio Lasserre, Salvador já vai ter mais leitos do que tinha na primeira onda”.

Atendimento em secretarias suspenso

A prefeitura determinou o fechamento de parques públicos municipais já a partir do sábado (20). Além disso, o atendimento ao público será suspensos em todas as unidades da prefeitura, secretarias e órgãos municipais, a partir de terça-feira (23).

A medida é válida até 8 de março. Secretários e dirigentes devem apresentar em 24 horas um plano de suspensão de atividades não essenciais.



Foto: Reprodução/Redes Sociais

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->