Rio de Janeiro amanhece com festas e pontos de aglomerações nesta terça - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

16 de fevereiro de 2021

Rio de Janeiro amanhece com festas e pontos de aglomerações nesta terça




Agência O Globo


Ao menos 20 embarcações foram interditadas pela Guarda Costeira após realização de festa.


A terceira noite do carnaval com folia cancelada pela pandemia foi de aglomeração , música alta e desrespeito às regras sanitárias na Avenida Olegário Maciel, na Barra da Tijuca, e na Zona Sul do Rio. Há registros de festas que seguiram até a manhã desta terça-feira (16).

Nas areias de Ipanema, a Guarda Municipal interrompeu uma festa que acontecia na altura da Rua Farme de Amoedo. A Rua Dias Ferreira, no Leblon, passou a madrugada lotada. Na Praça São Salvador, em Laranjeiras, centenas de pessoas se reuniram cantando e fazendo batucada.

A Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop) diz que aplicou 47 multas e interditou 24 estabelecimentos no Rio desde o início do feriado. As ações de ordem pública para fazer cumprir o decreto que limita a circulação de pessoas no Rio durante o feriado de carnaval não parecem surtir efeito em quem resolveu negar a realidade de que a pandemia ainda não acabou. Pelo terceiro dia seguido, a Avenida Olegário Maciel, na Barra da Tijuca, ficou cheia. Centenas de pessoas passaram a noite reunidas em frente a bares próximos à Avenida Comandante Júlio de Moura, algumas dançando ao lado de caixas de som portáteis. Quase ninguém usava máscara e respeitava o isolamento.

Um grupo de três mulheres, que usavam máscaras quando chegaram ao local, logo tiraram a proteção depois de saltarem do veículo de aplicativo que as deixaram no local.

"Vamos tirar isso, porque não vamos chegar lá feias", justificou uma das mulheres para as outras que a acompanhavam antes de seguirem andando em direção à aglomeração.

Em frente a restaurantes, que usavam cercados para limitar a presença de clientes, alguns grupos chegavam com combos de energético e gim, e consumiam no local. Um dos frequentadores, com um cavaquinho, improvisou uma roda de samba que reunia dezenas de pessoas em volta cantando em coro. Enquanto a equipe do GLOBO esteve no local, apenas um carro da PM permaneceu estacionado no início da avenida. Não havia presença de agentes municipais.

Em Laranjeiras, na Praça São Salvador, a noite também foi de desrespeito às regras sanitárias. Grupos de frequentadores se reuniram no local com um tambor e outros instrumentos. Até as 2h da madrugada eles faziam barulho e rivalizavam com outro grupo que usavam uma caixa de som. Quase ninguém usava máscara.

Na esquina da Rua Dias Ferreira com a Avenida Ataulfo de Paiva, no Leblon, foi mais uma noite de muita aglomeração. Apesar da forte presença da polícia e de guardas municipais, centenas de pessoas lotaram os bares e as calçadas, sem nenhum distanciamento.

Festas Interditadas

Na Ilha de Guaratib a, na Zona Oeste, uma festa marcada pela internet que acontecia no Espaço Verde Vila, na Estrada da Ilha, foi interditada por agentes municipais com o apoio de policiais do 27º BPM (Santa Cruz) que apreenderam som, cervejas, energéticos e dispersaram o público do local. Através de monitoramento pelas redes sociais, a operação da Seop na noite dessa segunda-feira também acabou com o evento “Segunda Certa” que acontecia no espaço “7,8. Dançando” na Avenida Dom Hélder Câmara, na Abolição.

Na Praia de Ipanema , foram apreendidas três caixas de som que estavam sendo utilizadas por um grupo de centenas de pessoas que festejavam na areia. As equipes da Seop também estiveram no Kastellão, no Engenho de Dentro, Zona Norte, onde estava marcada a festa Spotlight. No momento da fiscalização não havia público, e o estabelecimento foi advertido a não realizar o evento, sob pena de sofrer sanções sanitárias cabíveis.

Balanço geral

Desde a sexta-feira, 12, início das ações para combater aglomerações no período que seria do carnaval, foram realizadas 62 inspeções sanitárias, com 47 autos de infração e 24 interdições, além de 12 apreensões (dez de equipamentos de som e duas de bebidas).

Ambulantes

Nesta segunda, 15, durante fiscalização na orla do Recreio, a Coordenadoria de Controle Urbano (CCU, da Seop) apreendeu uma moenda de calda de cana e dois botijões de gás. Ao todo, desde o dia 12/02, foram fiscalizados mais de 100 ambulantes, com 18 multados e 657 itens apreendidos, incluindo bebidas em garrafas de vidro.



Foto ::: Reprodução 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->