Vinte e três pessoas são autuadas por descumprir toque de recolher em Salvador e no interior da Bahia - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

21 de fevereiro de 2021

Vinte e três pessoas são autuadas por descumprir toque de recolher em Salvador e no interior da Bahia




Flagrantes aconteceram no segundo dia de medidas restritivas, entre a noite de sábado (20) e a madrugada deste domingo (21). Além da capital, autuações aconteceram em 13 cidades do estado.


Vinte e três pessoas foram autuadas por desrespeitar o decreto de toque de recolher, entre a noite de sábado (20) e a madrugada deste domingo (21). Os flagrantes aconteceram em Salvador, região metropolitana e cidades do interior da Bahia.

Segundo a SSP-BA, uma pessoa foi conduzida e autuada, na capital. Já na região metropolitana de Salvador, em Lauro de Freitas, outro infrator foi detido no bairro de Itinga.

No interior da Bahia, as autuações aconteceram nos municípios de Teixeira de Freitas, Vitória da Conquista, Juazeiro, Jequié, Tanhaçu, Itapé, Camacan, Muniz Ferreira, Presidente Dutra, Itacaré, Barra da Estiva e Brumado.

De acordo com a SSP-BA, 10 bairros de Salvador foram visitados, na madrugada deste domingo, com objetivo de avaliar o comportamento da população no segundo dia do toque de recolher.

No bairro de Mussurunga, em Salvador, um bar instalado na varanda de uma casa foi flagrado aberto. Para tentar despistar a polícia, a porta metálica ficou fechada até a metade. Dentro do local, dois homens consumiam bebida alcoólica. O proprietário foi advertido e fechou o estabelecimento.

A ronda também foi feita nos bairros Cabula, Narandiba, Pau Miúdo, Pero Vaz, Liberdade, Uruguai, Ribeira, Barra e Rio Vermelho. Nenhuma ocorrência foi registrada nessas localidades.

No primeiro dia do decreto, 12 pessoas foram autuadas por descumprimento do decreto do toque de recolher em sete cidades do interior da Bahia, entre a noite de sexta-feira (19) e a madrugada de sábado (20).



 Foto: Divulgação / SSP-BA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->