Desembarca em Salvador, maior carga de vacinas contra a Covid-19 que a Bahia já recebeu; confira - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

sábado, março 20, 2021

Desembarca em Salvador, maior carga de vacinas contra a Covid-19 que a Bahia já recebeu; confira



Mais um lote de vacinas contra a Covid-19 chegou à Bahia, na manhã deste sábado (20/3). Segundo informações do Secretário Estadual da Saúde, Fábio Vilas Boas, desembarcou, por volta das 9h, no aeroporto de Salvador, a maior carga de imunizantes pelo nosso estado. “São 263 mil doses de Coronavac e 178 mil da vacina de Oxford”

De acordo com o Secretário Municipal da Saúde, em Salvador, Leo Prates, a capital baiana será abastecida com mais de 60 mil doses. A notícia chega como um alento à toda população baiana que convive, no últimos dias com registros de números alarmantes de óbitos e infectados pela doença.


REMESSA E LOGÍSTICA

São ao todo 441.200 doses, sendo 263.200 fabricadas pelo Butantan e 178.000 pela Fiocruz. A carga chegou ao aeroporto de Salvador por volta das 9h da manhã em um vôo comercial. Este é o nono envio que chega ao estado. Com esta carga, a Bahia totaliza 2.039.600 doses recebidas, entre Coronavac e Oxford, desde o dia 18 de janeiro, quando chegou a primeira remessa.

De acordo com o secretário da Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, “as vacinas serão enviadas imediatamente aos municípios, em uma operação que conta com aeronaves do Grupamento Aéreo (Graer) da Polícia Militar e da Casa Militar do Governador (CMG), logo após a conferência da carga pela equipe de imunização do estado”, afirma o secretário.

As vacinas que chegaram hoje serão enviadas, exclusivamente, aos municípíos que aplicaram 85% ou mais das doses anteriores. Esta é uma decisão da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), que é uma instância deliberativa da saúde e reúne representantes dos 417 municípios e o Estado

Esta nova remessa dará possibilidade de que continue sendo imunizado o público alvo da primeira fase do plano de vacinação contra Covid-19. Nova definição feita em CIB autoriza os municípios que conseguirem alcançar as metas da primeira fase, a ampliar a aplicação das doses para idosos de 65 anos ou mais. Também em reunião da CIB ficou definido que a população quilombola e pessoas com doença renal crônica em tratamento de hemodiálise poderão ser vacinadas.



Foto :::: Reprodução Ilustrativa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->