Header Ads Widget

Via1

🇧🇷 Militares decepcionados com Bolsonaro articulam apoio a outro candidato em 2022🇧🇷 Santos Cruz pode ser opção de governança



Para grupo de oficiais ouvidos pelo jornal O Globo, uma terceira via é a opção. Santos Cruz pode ser opção de governança. 


Militares que ajudaram o presidente Jair Bolsonaro a se eleger em 2018 se articulam para apoiar outro candidato na disputa eleitoral de 2022. Encabeçado por oficiais da reserva, o movimento ganhou força depois que o ex-presidente Lula voltou aos holofotes com a anulação de suas condenações pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin. As informações são do jornal O Globo.


O jornal ouviu sete generais e um coronel da reserva, que defenderam uma terceira via. Seis deles já ocuparam cargos no governo Bolsonaro . "O centro tem uma grande chance agora, porque um grupo se perdeu na corrupção e outro não sabe governar. E para que existe eleição? Para corrigir. Precisamos voltar à normalidade e ao equilíbrio", disse, ao Globo, o general Carlos Alberto dos Santos Cruz , ex-ministro da Secretaria de Governo.

A opinião é parecida com a do general Maynard Santa Rosa, que foi secretário de Assuntos Estratégicos até novembro de 2019. 
O retorno do PT seria um retrocesso inaceitável. Por sua vez, o atual governo não conseguiu honrar o próprio discurso e cumprir o que todo mundo esperava, 
afirmou ao jornal.

Na semana passada, uma mensagem circulou por grupos de WhatsApp de militares. Nela, o general da reserva Paulo Chagas defendeu que "renovar é preciso", que o "Brasil está sem rumo" e que "é hora de costruir uma terceira via". Chagas concorreu ao governo do Distrito Federal em 2018, com o apoio de Bolsonaro. "O grupo de decepcionados com a atuação do presidente é significativo", disse ele ao Globo.



Postar um comentário

0 Comentários