Petrobras aumenta novamente preço da gasolina, que pode chegar a R$ 6 em Salvador; diesel também sobe - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

segunda-feira, março 08, 2021

Petrobras aumenta novamente preço da gasolina, que pode chegar a R$ 6 em Salvador; diesel também sobe



A Petrobras anunciou, nesta segunda-feira (8/3), mais um aumento no preço dos combustíveis. Esse é o sexto reajuste feito em 2021, em um período de três meses.



A partir de terça-feira (9/3), a gasolina será reajustada em 8,8% nas refinarias e o diesel em 5,5%. Com isso, os preços médios nas refinarias serão de R$ 2,84 por litro para a gasolina e de R$ 2,86 por litro para o diesel, ou seja, uma alta no ano de 54% no preço da gasolina e de 41,6% no diesel.

O último aumento no preço da gasolina aconteceu na terça-feira (2/3), quando ficou R$ 0,12 mais caro (4,8%) e passou a custar R$ 2,60 para a venda às distribuidoras. Em 2020, no final de dezembro, os valores eram R$ 1,84 por litro de gasolina e R$ 2,02 por litro de Diesel. Atualmente, em Salvador, a gasolina é encontrada entre R$ 5,39 e R$ 5,79 (aditivada). Com o novo reajuste, pode chegar perto ou passar dos R$ 6, o litro.

O preço dos combustíveis vendidos na bomba do posto revendedor é diferente do valor cobrado nas refinarias da Petrobras. Até chegar ao consumidor são acrescidos tributos federais e estaduais, custos para aquisição e mistura obrigatória de biocombustíveis, além das margens brutas das companhias distribuidoras e dos postos revendedores de combustíveis.

Segundo a Petrobras, o aumento se dá por "alinhamento dos preços ao mercado internacional [que] é fundamental para garantir que o mercado brasileiro siga sendo suprido, sem riscos de desabastecimento, pelos diferentes atores responsáveis pelo atendimento às regiões brasileiras: distribuidores, importadores e outros refinadores, além da Petrobras".

A empresa lembra que esse mesmo equilíbrio competitivo foi responsável pelas reduções de preços quando a oferta cresce no mercado internacional.




Crédito da Foto: Roberto Parizotti/Fotos Públicas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->