Agência bancária é explodida em São Gonçalo dos Campos; 10 agências explodidas em 20 dias na Bahia - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

terça-feira, abril 20, 2021

Agência bancária é explodida em São Gonçalo dos Campos; 10 agências explodidas em 20 dias na Bahia



Crime aconteceu por volta das 3h, na unidade que fica na região da praça J.J. Seabra. Local ficou completamente destruído, mas não há registro de feridos.



Uma agência bancária da Caixa Econômica foi explodida no centro da cidade de São Gonçalo dos Campos, cerca de 110 km de Salvador, na madrugada desta terça-feira (20). Não há registro de feridos.

O crime aconteceu por volta das 3h, na unidade que fica na região da praça J.J. Seabra. Moradores relataram que o homens fortemente armados fecharam as ruas que dão acesso à praça, para impedir a passagem das pessoas pelo local.

O local ficou completamente destruído. As explosões atingira, principalmente, a parte da frente da agência, onde ficam os caixas eletrônicos. O impacto das explosões foi tão intenso, que há a preocupação de que dois prédios vizinhos também tenham sido atingidos.

A proprietária de um desses imóveis informou que agentes da Polícia Civil da cidade já estiveram no local, e pediram para que ela mantenha o imóvel fechado até que a perícia ser realizada, por causa do risco de desabamento.

Equipes da Polícia Militar também estiveram no local. Ainda não há detalhes se o grupo armado conseguiu levar o dinheiro da agência, nem a quantia. A Caixa Econômica ainda não se pronunciou sobre a situação.

Outros ataques

Câmeras de segurança flagram ação de grupo armado que fez reféns e explodiu agência bancária em Ubaíra, na Bahia, no dia 16 de abril — Foto: Reprodução/TV Bahia

Outros ataques a banco foram registrados neste mesmo mês, na Bahia. Entre os mais recentes está o da cidade de Ubaíra, a cerca de 270 km de Salvador, na madrugada da última sexta-feira (16). Na ação, o grupo armado fez cinco reféns. Câmeras de segurança registraram toda a ação.

Na mesma semana, no dia 13 de abril, outra agência bancária foi explodida por homens armados no bairro de Porto Seco Pirajá, em Salvador.

No início deste mês, ao menos quatro agências foram atacadas e explodidas na Bahia. A primeira delas foi em Campo Alegre de Lourdes, norte da Bahia, na noite do dia 5 de abril. O grupo armado chegou a fazer moradores reféns durante a fuga.

O segundo caso aconteceu também durante a noite, mas no dia 6, na cidade de Abaré, que fica na mesma região. Na ação, os suspeitos também fizeram servidores municipais de reféns e atearam fogo em veículos para dificultar a ação da polícia.

Dois dias depois, outra agência foi explodida, desta vez em Itiruçu, no sudoeste da Bahia. Os suspeitos, que estavam fortemente armados, chegaram à cidade em dois veículos e utilizaram explosivos na unidade.

A quarta agência explodida foi em Sapeaçu, cidade que fica a cerca de 160 quilômetros de Salvador. O crime aconteceu na madrugada de sábado (10). A ação durou cerca de 30 minutos.


Fotoa :::: Filipe Pereira/TV Subaé

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->