Header Ads Widget

Via1

CANGAÇO DESCONTROLADO 🗑️ Vídeo registra momento em que PM de Salvador avança em mulher com criança de colo 🗑️



Um vídeo enviado ao Aratu On registrou o momento em que um policial militar fardado avançou para cima de uma moradora do bairro de Águas Claras, em Salvador. A mulher em questão estava com uma criança no colo.
🗑️🗑️🗑️ 

O caso ocorreu na tarde desta quinta-feira (1/4). Nas imagens, é possível ver uma discussão entre o PM e a moradora, até o momento em que o agente chega a desferir um tapa contra ela.

VEJA O VÍDEO


A mulher que aparece na filmagem, Jackline Santos da Conceição, manicure e cabeleireira, contou ao site que os militares disparam tiros na região, assustando crianças do local, incluindo os filhos dela. "Eu pedi calma, pelo fato das crianças. Eles se afastaram e voltaram à minha procura, procurando saber o que eu estava falando. Eu repeti e ele começou a me agredir com palavras", afirmou ela.

Jackline disse, ainda, que o PM avançou para cime dela, tentando agredi-la fisicamente, e que vizinhos e colegas tentaram tomar a frente, como mostra no vídeo. Ainda conforme a manicure, o PM chegou a dizer que estava agindo daquela forma por conta de um 'suspeito'. Ela, no entanto, afirmou que não tinha nada a ver com a situação envolvendo os PMs e prováveis suspeitos.

Em nota, a Polícia Militar (PM) informou ao Aratu On que, por volta das 10h20, agentes da 3º Companhia Independente (CIPM) estavam realizando rondas na comunidade conhecida como Casinhas, quando se depararam com diversos suspeitos fazendo uso e comercializando drogas.

A corporação alega que os militares foram recebidos a tiros e houve revide. Ao cessar os disparos, vários moradores, entre eles o grupo que aparece no vídeo, teriam tentado hostilizar os policiais para facilitar a fuga dos suspeitos, sendo necessário o uso da força para a contenção dessas pessoas.

A PM disse, ainda, que os suspeitos conseguiram fugir do local e que os policiais solicitaram reforço de outras equipes para conter o tumulto.



Crédito da Foto: leitor/Aratu On

Postar um comentário

0 Comentários