Com metralhadoras, BDM invade localidade Baixa da Égua, mata um e fere dois; situação reforça insegurança em Salvador - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é
PrefSSA

quinta-feira, abril 22, 2021

Com metralhadoras, BDM invade localidade Baixa da Égua, mata um e fere dois; situação reforça insegurança em Salvador





Uma troca de tiros ocorrida na noite desta quarta-feira (21/4) deixou um jovem morto e duas pessoas feridas, na localidade da Baixa da Égua, que fica no bairro do Engenho Velho da Federação, em Salvador. O crime aconteceu por volta das 21h, na Rua Nazaré de Maria.


A vítima fatal foi identificada como Lucas Santos Silva, de 19 anos. Os feridos foram socorridos e levados para o Hospital Geral do Estado (HGE). Um dos hospitalizados é o jovem Álvaro Ramos da Silva Filho, também de 19 anos.

Segundo informações da Polícia Militar, guarnições da 41ª Companhia Independente (CIPM/Federação), com apoio da Companhia Independente de Policiamento Tático (CIPT/Rondesp Atlântico), foram acionadas e, no local, acharam um homem caído ao solo sem vida. A PM informou, ainda, que os autores dos tiros fugiram, logo em seguida à ação.

O caso está sendo investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e pela 7ª Delegacia Territorial (DT/Rio Vermelho).

Informações preliminares obtidas pela reportagem do Aratu On dão conta que o tiroteio foi promovido por traficantes da facção criminosa Bonde do Maluco que disputam o comando pelos pontos de vendas de drogas no local. Eles portavam metralhadoras. Na região, há constantes confrontos entre criminosos do “Forno” e “Laginha”.

OUTROS CONFRONTOS

A situação da disputa por pontos de venda de drogas em Salvador está deixando tensa a população de alguns bairros da cidade. Constantes tiroteios têm sido registrados, dentro desse contexto, nos últimos dias. Ainda na Baixa da Égua, uma mulher de 34 anos foi baleada na tarde de terça-feira (20/4).

No mesmo dia, à noite, no bairro de Castelo Branco, os moradores ficaram bem assustados. A reportagem da TV Aratu apurou no local que a guerra entre as facções criminosas “Katiara” e “BDM” teria originado uma intensa troca de tiros.

Há 11 dias, duas pessoas morreram e outras seis ficaram feridas após o intenso tiroteio no bairro de Pernambués. O caso aconteceu na noite do domingo (11/4), praticamente no mesmo horário que outro atentado parecido acontecia na Boca do Rio. No total, juntando as duas ocorrências, quatro vítimas não resistiram aos ferimentos e nove foram socorridas para hospitais.

Em dezembro do ano passado, uma troca de tiros durou, pelo menos 30 minutos, deixando em pânico os moradores de Cajazeiras 11 e Valéria. Na ação, a facção Bonde do Maluco travava uma batalha com o grupo criminoso oriundo de Valéria, Katiara.

Dias antes, em novembro, uma pessoa morreu e três ficaram feridas, na região que envolve os bairros de Bom Juá e Fazenda Grande do Retiro. A vítima fatal foi um homem que estava envolvido em uma troca de tiros ocorrida entre criminosos de facções rivais do tráfico de drogas, no Bom Juá.



‌Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.



Creditos da foto:leitor/Aratu On

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

NE-Sem fome
-->