Diante da líder Juazeirense, Vitória busca melhora para não repetir 2019 e 2020 - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

quarta-feira, abril 21, 2021

Diante da líder Juazeirense, Vitória busca melhora para não repetir 2019 e 2020




O Vitória pode terminar o jogo contra a líder Juazeirense, nesta quarta-feira, 21, pelo Campeonato Baiano, vislumbrando dois cenários. Caso não vença, o Leão verá o risco de um novo papelão ainda mais próximo. Nos últimos dois anos, o Rubro-Negro da capital não se classificou para o mata-mata estadual. A equipe comandada por Rodrigo Chagas possui seis pontos, apenas um a mais que o Fluminense de Feira, lanterna da competição e atualmente rebaixado. O confronto começa às 19h30, no estádio Adauto Moraes.



É bem verdade que o Vitória também só entrou em campo cinco vezes pelo Baianão em 2021. São três jogos a menos que o Bahia, quarto colocado com 12 pontos. Sendo assim, um triunfo colocaria o Leão bem próximo da luta para conseguir uma vaga para a semifinal – iria a nove pontos, ficando a três do maior rival, com dois jogos a menos.

Nas costas, além das duas recentes eliminações na fase de grupos, o Rubro-Negro ainda carrega o peso de ser o único grande a utilizar o elenco principal para disputar o Baiano. O Bahia usa o time de transição, assim como no ano passado. O Vitória não conseguiu repetir a dose, por causa da crise financeira agravada pela pandemia da Covid-19.

Rodrigo Chagas, inclusive, tem mesclado a equipe titular no certame, visando poupar os atletas durante a maratona de jogos, que envolve Copa do Brasil e Copa do Nordeste. Nesta última, o Leão disputará a semifinal no próximo sábado, contra o Ceará. A situação representa um dilema claro para o técnico do Vitória.

Caso opte por colocar o time titular, ele colocará em risco a presença de atletas importantes na decisão regional. Por outro lado, a partida contra a Juazeirense é a mais difícil entre as que restam no calendário estadual. O Cancão, líder, faz campanha quase irretocável até aqui. De sete partidas, venceu cinco, empatou uma e perdeu apenas uma – 16 pontos conquistados.

Os adversários seguintes serão Vitória da Conquista (8º colocado), Jacuipense (7º) e Fluminense de Feira (10º). Ou seja, um triunfo representa maior tranquilidade em relação à tabela do Baianão.

A última – e única – vez que o Leão saiu de campo com três pontos pelo estadual foi no dia 24 de fevereiro, contra o Atlético de Alagoinhas, fora de casa. Na ocasião, o clube da capital venceu por 2 a 1.

Preparação

Não dá para saber qual será a opção do técnico Rodrigo Chagas, mas fato é que ele terá três desfalques. O zagueiro Marcelo Alves e os meias Cedric e Alisson Farias foram vetados pelo departamento médico. Eles devem estar de volta no sábado, para o duelo contra o Ceará. Por outro lado, o atacante Vico reapareceu nos treinos nesta semana, e pode estar em campo, contra a Juazeirense. Ele deve iniciar o jogo como opção no banco. Guilherme Rend, que sentiu desconforto durante a semana, pode ser opção.

A preparação para a oitava rodada do Baianão terminou nesta terça, 20, na Toca do Leão. O comandante rubro-negro exibiu um vídeo para os atletas, destrinchando os pontos fortes e fracos do Cancão de Fogo. Na sequência, comandou um trabalho tático no gramado.



Foto: Pietro Carpi | EC Vitória

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->