Prefeitura de Salvador autoriza reabertura de praias a partir de segunda-feira - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é
PrefSSA

sexta-feira, abril 30, 2021

Prefeitura de Salvador autoriza reabertura de praias a partir de segunda-feira



Apenas Porto da Barra só poderá abrir a partir de terça (4). Praias serão fechadas apenas nos finais de semana, para evitar aglomerações. Comércio de rua e shoppings centers também estão autorizados a funcionar.



O prefeito de Salvador, Bruno Reis, autorizou nesta sexta-feira (30) a reabertura das praias da capital. Fechadas há dois meses, elas serão abertas a partir da segunda-feira (3).

De acordo com o prefeito, o funcionamento será liberado apenas de segunda a sexta-feira, e as praias voltarão a ser fechadas nos finais de semana. A única exceção de reabertura nas segundas é a praia do Porto da Barra, que só poderá ser frequentada de terça a sexta.

O comércio de rua e os shoppings centers estão autorizados a funcionar nos dias 2, 3 e 9 de maio. No caso do comércio de rua, o horário de funcionamento será das 10h às 18h. Já shoppings, centros comerciais e similares podem abrir das 10h às 20h.

Além disso, as atividades presenciais da prefeitura também serão retomadas, com atendimentos presenciais agendados, em alguns casos.

Retomada das aulas

Em entrevista coletiva, o prefeito também voltou a falar sobre a retomada das aulas semipresenciais na capital, segunda-feira (3). Essa retomada é para a rede municipal, escolas particulares e também para a Educação de Jovens e Adultos (EJA). O prefeito não falou sobre retomada do ensino superior.

As escolas particulares podem fazer o retorno completo, em todas as séries incluindo ensino médio. Já as públicas, retornam apenas as séries até o ensino fundamental, porque a prefeitura não administra escolas de ensino médio, que são de responsabilidade do governo do estado.

Além dos protocolos gerais de uso obrigatório de máscaras, o prefeito também definiu um escalonamento dos estudantes. Por aula, apenas 50% de uma turma poderá estar na sala, com permanência máxima de duas horas por aula.

Para que todos tenham o conteúdo presencial, os alunos serão escalonados em grupo por dia. As turmas especiais serão de, no máximo, duas horas para cada turno de aula. 

Veja detalhes:




Imagens e foto :::: Reprodução / G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

NE-Sem fome
-->