Rodoviários paralisam atividades no início desta segunda em Salvador e Prefeitura monta operação para atender aos usuários de ônibus - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

segunda-feira, abril 19, 2021

Rodoviários paralisam atividades no início desta segunda em Salvador e Prefeitura monta operação para atender aos usuários de ônibus



A população de Salvador que depende do transporte coletivo amanheceu, nesta segunda-feira (19/4), sem a prestação dos serviços dos ônibus do consórcio Integra, que atuam na atividade, na capital baiana. Desde as 4h, quando deveriam iniciar os trabalhos, os rodoviários resolveram fazer uma paralisação que deve permanecer até as 8h.

A manifestação dos trabalhadores é um protesto, devido ao não pagamento de verbas rescisórias aos profissionais que foram demitidos pela Concessionária Salvador Norte (CSN). Eles também reivindicam inclusão no grupo prioritário no processo de vacinação contra a Covid-19. Na última sexta-feira (16/4), a categoria já havia realizado mobilizações, interditando a entrada de ônibus nas estações da Lapa e Pirajá.

Para não deixar os usuários do transporte público sem o serviço, a Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob), montou uma operação especial após o anúncio de paralisação geral dos rodoviários que atuam no Sistema de Transporte Coletivo por Ônibus (STCO) de Salvador.

Das 4h às 8h da manhã, horário previsto para a paralisação, os ônibus do Subsistema de Transporte Complementar (Stec), também conhecidos como amarelinhos, darão apoio atendendo os principais corredores de tráfego. Cerca de 207 ônibus amarelinhos atuarão nas linhas de maior fluxo de usuários, dos quais 53 irão atender linhas do Subúrbio, 93 atenderão linhas do Miolo e 61 estão na região da Orla.

Também será dada atenção especial às proximidades das estações de transbordo, principalmente aquelas que fazem integração com outros modais de transporte. “Nossa orientação é que os usuários que realmente precisarem sair neste horário dêem preferência a outros modais de transporte, como o metrô, inclusive para evitar que os ônibus fiquem lotados neste momento delicado de pandemia”, frisou o secretário da Semob, Fabrizzio Muller. Agentes de trânsito e transporte vão acompanhar a operação, orientando usuários e auxiliando no que for necessário.

A gestão municipal está intermediando o acordo entre rodoviários e CSN, que ainda não foi apresentado pela empresa. “A Prefeitura está empregando todos os esforços possíveis para que esta situação seja resolvida o mais breve possível, tanto para que os rodoviários recebam seus direitos trabalhistas quanto para evitar que a população seja prejudicada com a paralisação das atividades”, destacou Muller.

Linhas que terão atendimento pelo Stec no horário da paralisação:

- Base Naval x Pituba
- Base Naval x Campo Grande/Barra
- Base Naval x Ribeira
- Paripe x Pituba
- Pirajá/RV x Pituba
- Conj. Pirajá 1 x Eng. Velho da Federação
- Boca da Mata x Pituba
- Cajazeiras 11 x Pituba
- Fazenda Grande 4 x Pituba
- Brasilgás/Cabula x Pituba
- Cajazeiras 11 x Barra
- Nova Brasília x Barra
- IAPI x Pituba
- Brasilgás/Sussuarana x Barra
- Lapa x Chame Chame
- Lapa x Barra Avenida
- Lapa x Garibaldi/Rio Vermelho/Pituba


Creditos da foto:Jefferson Peixoto/Secom PMS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->