Trabalhadores da Educação de Salvador podem ser vacinados a partir de quarta-feira - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

terça-feira, abril 20, 2021

Trabalhadores da Educação de Salvador podem ser vacinados a partir de quarta-feira



Início está condicionado à disponibilidade de doses da capital baiana, já que vacinação de idosos até 60 anos deve encerrar nesta terça (20). Pessoas com Síndrome de Down também devem ser vacinadas na quarta.



O prefeito de Salvador, Bruno Reis, informou nesta terça-feira (20) que a vacinação de trabalhadores da Educação e pessoas com Síndrome de Down, contra a Covid-19, poderá começar já na quarta-feira (21). O início está condicionado à disponibilidade de doses da capital baiana.

Bruno detalhou que a capital deve concluir a vacinação de idosos de até 60 anos nesta terça, podendo assim começar a vacinar os outros grupos. Segundo o prefeito, no caso dos profissionais da Educação, a imunização começará por quem trabalha na área infantil.

A faixa etária do público de trabalhadores já havia sido divulgada: 59 a 55 anos. A prefeitura deve divulgar horários e pontos de imunização ainda nesta quarta-feira. Todos os idosos que já tiveram idade de vacinação passada, mas ainda não procuraram os pontos de imunização, podem receber as doses normalmente.

O prefeito disse ainda que mais doses devem chegar na quinta-feira (22), para que seja acelerada a vacinação de outros grupos dos trabalhadores da Educação e pessoas com outras comorbidades. Durante a coletiva, Bruno Reis voltou a falar sobre os critérios para o retorno das aulas presenciais.

O governo da Bahia já havia decretado a principal regra para o retorno: a taxa de ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em percentual igual ou menor a 75%, por pelo menos cinco dias consecutivos.

Com isso, a prefeitura de Salvador estabeleceu uma "tolerância" de 5%, caso haja estabilidade ou queda na ocupação de leitos exclusivos de UTI Covid-19 adultos, na média móvel de novos casos confirmados, nos casos ativos e na taxa de transmissão.

Além disso, outro critério é o avanço da vacinação na capital: tanto das pessoas no geral, quanto dos trabalhadores da Educação.

Cestas básicas

Ainda nesta terça, a prefeitura ampliou a entrega de cestas básicas. Desta vez também poderão receber a assistência as famílias que estão em situação de vulnerabilidade social registradas no Cadastro Único da Secretaria Municipal de Promoção Social, Combate à Pobreza, Esportes e Lazer (Sempre).

A secretaria já começou a contatar os assistenciados e seguirá com as ligações e envios de SMS até o dia 27 de abril. As famílias podem consultar a disponibilidade e agendar data e local de retirada das cestas no site www.salvadorportodos.salvador.ba.gov.br/cestabasica




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->