🇨🇳 Ataque de Daniela Lima, âncora da CNN a Bolsonaro repercute negativamente nas redes sociais; emissora perde cada vez mais credibilidade🇨🇳 - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

domingo, maio 30, 2021

🇨🇳 Ataque de Daniela Lima, âncora da CNN a Bolsonaro repercute negativamente nas redes sociais; emissora perde cada vez mais credibilidade🇨🇳



Âncora provoca a fúria de brasileiros conservadores por suas posições de esquerda e ataques ao próprio presidente da república Jair Bolsonaro (sem partido). Alem do mais, a jornalista torce e comenta contra o crescimento da economia e empregos no país. 

🇨🇳

Nos últimos dias, Daniela Lima recebeu criticas de vários colegas jornalistas. A apresentadora do 'CNN 360º' se tornou alvo de hostilidade nas redes sociais. A mais recente causa de ataques foi uma palavra empregada "equivocadamente" ao anunciar a retomada de empregos. 

"Infelizmente, vamos falar de notícia boa", 

disse.

Supostamente deve ter sido apenas um erro de linguagem, mas milhares de pessoas interpretaram que a âncora torce contra a economia do País e o governo, o que é muito provável.

No caso de Daniela Lima,  ela já se viu envolvida em polêmica anteriormente. No início de maio, ganhou muitos haters ao criticar a ação policial na favela do Jacarezinho, no Rio. A operação terminou com quase 30 bandidos e traficantes mortos.

Em sua manifestação no ar, a jornalista questionou a desproporção do número de óbitos de suspeitos em relação à única vítima fatal entre policiais.

Quem assistiu enxergou que ficou claro o desdém da âncora com a morte do PM e defesa dos supostos criminosos. Após ruidosa repercussão, ela disse ter havido "esforço de distorção" de sua fala.

Em rede social, a declaração da âncora suscitou uma crítica dos jogadores de futebol Lucas Moura e Neymar. “Em nenhum momento quis minimizar a morte do policial. Rogo por um país em que a polícia não tenha que matar e muito menos que morrer”, escreveu a jornalista no Twitter.

A agressividade on-line contra a apresentadora lembra a artilharia pesada direcionada a William Bonner, do 'Jornal Nacional'. Ambos representam no telejornalismo brasileiro a contestação da ideologia de direita conservadora no país uma vez que representam o pensamento da esquerda radical e do comunismo no Brasil, via Fórum de São Paulo.

Não é exagero concluir que a âncora usa a CNN para atacar o Brasil conservador. Inicialmente sob suspeita de ser pró-Bolsonaro, a emissora inaugurada em março de 2020 é, na verdade, é tão crítica ao presidente quanto a rival GloboNews, representando ambas o pensamento da elite mundial dominante, e mais especialmente do comunismo. 

Daniela Lima trabalhou na 'Veja', no 'Correio Braziliense' e na 'Folha' antes de chegar ao vídeo. Em 2019, comandou por quatro meses o 'Roda Viva', na TV Cultura. Destacou-se pelo radicalismo esquerdopata na mediação e perguntas contundentes, até ser demitida.

Sua personalidade forte é vista como sede por espaços e liderança. Após cinco meses, a colega ex-Globo Gloria Vanique deixou de dividir o 'CNN 360º' com ela por não se sentir à vontade ao seu lado devido às suas posições comunistas/extremistas e a falta de respeito e isenção jornalistica.

Prejuízo para a CNN Brasil, infelizmente. 


Foto ::: CNN/Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->