Ex-prefeito de Salinas da Margarina é denunciado ao MP por sucatear 15 carros da prefeitura - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

quinta-feira, maio 20, 2021

Ex-prefeito de Salinas da Margarina é denunciado ao MP por sucatear 15 carros da prefeitura




O ex prefeito de Salinas da Margarida, Antônio Castelucci Ferreira (PSB), é alvo de uma ação civil pública protocolada pelo Ministério Público estadual (MP) por conta de negligência com os veículos do município. A informação foi divulgada pelo MP nesta quarta-feira (19/5), mas diz respeito à gestão na gestão 2013/2016.


Segundo o promotor de Justiça Leandro Ribeiro de Mattos, o ex-gestor e Elson França Santos, coordenador de transportes, sucatearam 15 veículos da frota municipal. Na lista, constam caminhões, caminhonetes, ambulância e carros de passeio, ‘inexistindo quaisquer justificativas para a desídia no trato da coisa pública, especialmente quando considerado que fora contratado pelo Município de Salinas o serviço de manutenção dos veículos públicos’.

A ação diz ainda que houve a celebração de um contrato para manutenção destes veículos durante a gestão, o que aparentemente não aconteceu, visto o estado dos carros encontrados. Para o promotor, não a justificativa para ‘que a frota municipal tenha sido deixada em situação de penúria após o término da gestão, senão pela negligência no trato da coisa pública’.

"A conduta apurada evidenciou, a partir do resultado da perícia realizada pelo Departamento de Polícia Técnica (DPT) da Coordenadoria Regional de Santo Antônio de Jesus, não apenas a falta de conservação dos bens públicos, como também verdadeira depredação, uma vez que alguns veículos estavam com peças faltantes e em estado de sucateamento, destacou o promotor.

Caso condenados na lei de improbidade administrativa, os dois deverão devolver o valor integral do dano, perda da função pública, suspensão dos direitos políticos de cinco a oito anos, pagamento de multa civil de até duas vezes o valor do dano e proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, pelo prazo de cinco anos.


‌Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.



Credito da foto:::: Redes Sociais/Facebook/Jorge Castelluci

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->