Salvador amanhece sem ônibus nesta sexta-feira; rodoviários realizam assembleia; CUT, PT, PCdoB e Sindicatos são responsáveis pela paralisação - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

sexta-feira, maio 28, 2021

Salvador amanhece sem ônibus nesta sexta-feira; rodoviários realizam assembleia; CUT, PT, PCdoB e Sindicatos são responsáveis pela paralisação




Categoria se reúne das 4h às 8h, para discutir proposta de reajuste feita em reunião realizada na quinta. Prefeitura montou operação emergencial de transporte é montada com ônibus do Sistema de Transporte Especial Complementar (STEC).


Salvador amanheceu esta sexta-feira (28) sem ônibus do transporte público urbano. Isso porque, das 4h às 8h, os rodoviários realizam assembleia para discutir proposta de reajuste feita em reunião, na quinta-feira (27). Os coletivos começarão a sair das garagens, após a assembleia.

Para amenizar os efeitos da falta dos ônibus na cidade, a prefeitura montou uma operação emergencial de transporte. O serviço será operado por ônibus do Sistema de Transporte Especial Complementar (STEC), os "amarelinhos", das 4h até as 8h. [Veja itinerários da operação ao final da reportagem]

Mesmo com a operação emergencial, foram registrados muitos pontos de ônibus e veículos do Stec lotados, no início desta manhã. O motivo é que a quantidade de veículos do Stec não consegue atender à demanda de passageiros.

Na reunião de quinta-feira, mediada pelo Tribunal Regional do Trabalho (TRT), foi oferecido aos rodoviários um reajuste de 7,59%, dividido em três vezes. É essa proposta que os rodoviários discutem na assembleia desta sexta.

Além disso, a categoria reivindica revisão da compensação das horas extras, querem cestas básicas para rodoviários afastados e, além disso, que não seja descontado o tíquete dos trabalhadores afastados por Covid.

Integrantes dos sindicatos estão indo às garagens de cada empresa, para discutir os tópicos.

Operação especial de transporte

Operação emergencial foi montada com veículos do Stec — Foto: Reprodução/TV Bahia


De acordo com a Secretaria de Mobilidade de Salvador (Semob), toda a frota dos amarelinhos está voltada para a operação emergencial de transporte. A equipe operacional da pasta criou 17 novas linhas, para atender os principais corredores de tráfego da cidade, além de possibilitar a integração com o metrô.

Ainda segundo a Semob, os usuários devem se orientar pelo nome da linha, que ficará exposto no letreiro dos ônibus. A integração é permitida tanto com o metrô como com outras linhas urbanas, no entanto, não será permitida a integração com linhas metropolitanas.


Foto: Reprodução/TV Bahia/G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->