Acusado de matar jovem dentro de shopping tem prisão preventiva decretada e terá que passar por teste psiquiátrico - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

terça-feira, junho 08, 2021

Acusado de matar jovem dentro de shopping tem prisão preventiva decretada e terá que passar por teste psiquiátrico



Matheus dos Santos da Silva, 21 anos, acusado de matar a jovem Vitórya Melissa Mota, de 22 anos, teve a prisão em flagrante convertia em preventiva e terá que passar por avaliação psiquiátrica. A decisão é do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ), que negou o pedido de liberdade provisória, feito pela Defensoria Pública.

O TJ analisou imagens das câmeras de segurança do shopping de Niterói, onde o crime ocorreu, para chegar à determinação. A juíza Rachel Assad da Cunha, responsável pelo caso, afirmou que "a gravidade da conduta é extremamente acentuada, já que o custodiado tirou a vida da própria amiga por quem, segundo informações dos autos, nutria sentimentos não correspondidos".

Além disso, a juíza também citou a "crueldade e ousadia" da ação do rapaz, acrescentando que há "inadequação do custodiado ao convívio social". Na decisão, a magistrada esclareceu que a prisão preventiva é uma medida de "garantia da ordem pública" e solicitou, também, que o suspeito passe por avaliação psiquiátrica.

O crime ocorreu no último dia 2, no Shopping Plaza, em Niterói, Região Metropolitana do Rio de Janeiro. O acusado do crime era colega de curso da vítima. Matheus desferiu vários golpes de faca contra a garota, que foi socorrida, mas já chegou ao hospital sem vida. Segundo amigos de Vitórya, o suspeito nutria um "amor não correspondido" peça vítima.



‌Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.



Credito da foto :::: Reprodução/Redes sociais

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->