Comunistas e petistas fazem ato contra Bolsonaro e a favor da vacinação em Salvador; cerca de 1.500 pessoas participam do ato - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

sábado, junho 19, 2021

Comunistas e petistas fazem ato contra Bolsonaro e a favor da vacinação em Salvador; cerca de 1.500 pessoas participam do ato



Caminhada começou às 14h30, na Praça do Campo Grande, e foi encerrada às 16h50, no Farol da Barra. Organizadores pediram que manifestantes usassem máscaras e mantivessem o distanciamento social.


Manifestantes realizaram uma caminhada na tarde deste sábado (19), em Salvador, contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e a favor da vacina contra a Covid-19. O grupo também reivindicou auxílio emergencial de R$ 600, além de políticas para manutenção de salários e apoio a pequenas e médias empresas.

O ato foi convocado por movimentos sociais, partidos políticos e centrais sindicais. A concentração dos manifestantes começou por volta das 13h, na Praça do Campo Grande, centro da capital baiana.

Por volta das 14h30, a caminhada foi iniciada com destino ao Farol da Barra, um trajeto de cerca de três quilômetros.

Durante o trajeto, o grupo ocupou todas faixas das vias por onde passavam e todos usaram máscaras de proteção. Antes do início da caminhada, a organização pediu que os manifestantes mantivessem distância um dos outros.

Equipes da Transalvador e da Polícia Militar (PM) acompanharam o protesto, e o tráfego de veículos foi desviado nas regiões que a caminhada passava.

Após sair da Praça do Campo Grande, o grupo deu volta pela Avenida Sete de Setembro, acessou o Corredor da Vitória, desceu a Ladeira da Barra e seguiu pela orla, até chegar ao Farol da Barra, por volta das 16h40.

Cerca de 10 minutos depois, a organização orientou que os manifestantes deixassem o local, para evitar aglomeração, e o protesto foi encerrado.



Fotos: Júlio César/TV Bahia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->