Coritiba quer impugnação de jogo contra o Botafogo - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

terça-feira, junho 08, 2021

Coritiba quer impugnação de jogo contra o Botafogo




O Coritiba afirma que teve um gol anulado de forma incorreta na partida ocorrida no Estádio Nilton Santos na noite de sábado.


Nesta segunda-feira, o Coritiba enviou ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) um pedido de impugnação da partida contra o Botafogo, disputada no último sábado, no Nilton Santos, pela segunda rodada da Série B do Campeonato Brasileiro de 2021. O embate terminou 2 a 0 para os cariocas.

O Coritiba afirma que teve um gol anulado de forma incorreta, aos 31 minutos do primeiro tempo. No lance, Igor cobrou falta e marcou um golaço, mas o árbitro mandou voltar ao alegar que não havia autorizado a cobrança. Os jogadores, por sua vez, reclamaram que ele já havia apitado. Na segunda tentativa, o lateral mandou para fora.
Está gostando da notícia? Fique por dentro das principais notícias de Futebol
Ativar notificações

Além disso, a diretoria alviverde também realizou uma apresentação de reclamação formal à Comissão de Arbitragem da CBF por conta de outros erros, como a marcação do pênalti que gerou o primeiro gol do Botafogo.

Dewson Fernando Freitas da Silva foi o árbitro principal do jogo, com auxilio de Helcio Araujo Neves e Luis Diego Nascimento Lopes. As partidas da Série B do Brasileirão não contam com o VAR.

Confira a nota do Coritiba na íntegra:

  • O Coritiba Foot Ball Club realizou, nesta segunda-feira (07), o pedido de impugnação da partida contra o Botafogo junto ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), realizada no último sábado, no estádio Nilton Santos, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. Além disso, o clube também realizou a apresentação de reclamação formal à Comissão de Arbitragem da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), por outros erros cometidos pela equipe de arbitragem na partida.

  • O pedido de impugnação de partida se dá pelo fato de ter se caracterizado erro de direito quando da anulação do gol de falta, marcado pelo lateral Igor, aos 31 minutos do primeiro tempo.

  • Quanto à reclamação formal à Comissão de Arbitragem da CBF, destaca-se também o erro de fato com relação ao pênalti que gerou o gol adversário.

Foto: Dhavid Normando / Futura Press

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->