Governador Rui Costa (PT-BA) anuncia convocação de mais de 600 reservistas da PM e mais de 50 investigadores para reforçar segurança pública - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é
PrefSSA

quarta-feira, junho 16, 2021

Governador Rui Costa (PT-BA) anuncia convocação de mais de 600 reservistas da PM e mais de 50 investigadores para reforçar segurança pública



Anúncio foi feito pelo governador durante o Papo Correria, programa do gestor, nas redes sociais, na noite desta terça-feira (15). Rui também anunciou convocação de professores e coordenadores pedagógicos.


O governador da Bahia, Rui Costa, anunciou na noite desta terça-feira (15) a convocação de 611 reservistas da Polícia Militar para reforçar a segurança pública do estado e a nomeação de 54 investigadores da Polícia Civil. O anúncio foi feito durante o Papo Correria, programa do gestor nas redes sociais.

Segundo Rui Costa, os reservistas voltarão a atuar em cargos não operacionais. O objetivo da medida é melhorar o trabalho da PM nas ruas, com a liberação de profissionais que hoje atuam em regime administrativo. A lista será publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) de quarta (16).

Com as nomeações dos investigadores, a área de segurança pública passa a contar com 237 novos profissionais somente no último ano, entre delegados, investigadores e escrivães.

Esta é a segunda nomeação para a Polícia Civil da Bahia referente ao último concurso público do órgão. O certame foi organizado pela Fundação para o Vestibular da Universidade Júlio de Mesquita Filho (Fundação Vunesp), contratada pela Secretaria da Administração (Saeb).

Pandemia

Rui Costa começou o programa fazendo uma análise do momento atual que a Bahia vive, em relação a pandemia do novo coronavírus. Ao usar um gráfico, o governador mostrou que o número de mortes de pessoas com idades entre 30 e 59 anos vítimas de Covid-19 praticamente triplicou em junho.

“Existia uma tese, que durou muitos meses, de que só morriam pessoas idosas de Covid-19, pessoas com a idade avançada e que tinham muitos problemas de saúde. Nós estamos mostrando os dados para deixar claro que o perfil mudou", disse o governador.

"Infelizmente, estão morrendo pessoas mais jovens. É em função disso que nós estamos chamando atenção para que, respeitando a história, a tradição, a cultura do São João, as pessoas evitem aglomeração, evitem participar de festas”, afirmou.



Foto :::: Reprodução

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

NE-Sem fome
-->