Inter opta por demitir Ramírez após 3 meses no cargo - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

sexta-feira, junho 11, 2021

Inter opta por demitir Ramírez após 3 meses no cargo



Após tropeço contra o Fortaleza, no Campeonato Brasileiro, e eliminação para o Vitória na terceira fase da Copa do Brasil, dentro do Beira-Rio, o Internacional optou pela demissão do técnico Miguel Angel Ramírez. A decisão foi tomada após reunião entre membros da diretoria colorada.


"Miguel Ángel Ramírez não é mais técnico do Internacional. Também deixam o Clube o auxiliar técnico Martín Anselmi, o preparador físico Cristóbal Fuentes e o analista de desempenho Luis Piedrahita. O Inter agradece pelos serviços prestados e deseja sucesso na sequência de suas carreiras. Osmar Loss passa a comandar a equipe interinamente", afirma comunicado do clube gaúcho.

Junto do espanhol, deixam o clube o auxiliar Martín Anselmi, o preparador físico Cristóbal Fuentes e o analista de desempenho Luis Piedrahita. Em isolamento após testar positivo para covid-19, Ramírez não esteve à beira do campo na derrota para a equipe baiana.

Por ter ficado apenas três meses no cargo, o ex-comandante do Inter deverá receber cerca de US$ 2 milhões (R$ 10 milhões) como parte da rescisão contratual estabelecida com o clube. O clube colorado ainda tenta negociar o valor a ser pago ao espanhol.

Anunciado na equipe gaúcha em março deste ano, Miguel Angel Ramírez comandou a equipe em 21 partidas e obteve um total de 53,9% de aproveitamento, com 10 vitórias, quatro empates e sete derrotas. Entre os resultados negativos, estão a derrota para o Grêmio na final do Campeonato Gaúcho, a goleada por 5 a 1 para o Fortaleza e eliminação na Copa do Brasil para o Vitória.



Foto: Ricardo Duarte / SC Internacional

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->