Diante do Galo, Bahia quer virar a chave na Copa do Brasil e encerrar má fase - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

quarta-feira, julho 28, 2021

Diante do Galo, Bahia quer virar a chave na Copa do Brasil e encerrar má fase




Vindo de uma péssima sequência no Brasileirão, na qual acumula três derrotas seguidas – São Paulo, Flamengo e Atlético-MG –, nove gols sofridos e nenhum marcado, o Bahia tem, nesta quarta-feira, 28, a oportunidade de ‘virar a chave’ e encerrar a má fase. O complicado desafio será contra o Galo, no Mineirão, às 21h30, pela ida das oitavas de final da Copa do Brasil.



Esse é o segundo confronto consecutivo entre os baianos e os mineiros. No último encontro, no domingo, o Tricolor suportou bem os primeiros 45 minutos em Belo Horizonte, mas não resistiu à pressão no segundo tempo, cometeu falhas individuais e foi punido com três gols.

À disposição do técnico Dado Cavalcanti após conseguir ter a pena convertida pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) – o Bahia terá que pagar R$ 30 mil, que serão doados para quatro instituições –, o meia Daniel foi confirmado no time titular e aproveitou para pedir desculpas para os torcedores, mesmo sem ter atuado nas últimas partidas, e mais concentração aos companheiros de time.

“A gente tem que manter a cabeça fria, no lugar. Saber que, às vezes, faz parte. Tivemos três adversários duros. Resultados foram péssimos contra esses times. Nosso torcedor não merecia, a gente sabe e tem que pedir desculpas a eles. Amanhã (hoje) já é outro jogo para dar volta por cima. É entrar e dar a nossa vida”, falou o camisa 8.

Disposto e confiante em dar um fim à sequência negativa, Daniel acredita que por se tratar de um campeonato diferente, o cenário muda completamente. "Acho que o campeonato muda, o regulamento muda e a postura muda. O jogador entra mais ligado e espero que o time entre assim amanhã (hoje)”, disse o meia, que completou: “[Muda] Não só para a gente, mas para eles também que conhecem nosso time. Vai ser um jogo mais estudado e tenho certeza que nosso time vai ter uma atuação muito melhor do que da última vez”, garantiu.

Mudanças

Dado Cavalcanti tem feito mistério sobre o time que iniciará a partida contra o Atlético-MG. E o motivo é totalmente justificável. Além do peso de três derrotas seguidas, o treinador tentou esquemas diferentes que não funcionaram nada bem contra os milionários do futebol brasileiro.

Contra o Flamengo, Dado optou por um time mais ofensivo e pagou caro. Levou cinco dentro do Pituaçu. Contra o Galo, adversário desta noite, o treinador partiu para um time mais defensivo, com três volantes, mas acabou goleado mais uma vez.

As únicas certezas são que Maycon Douglas está fora por ter atuado na Copa d Brasil pelo ABC e que Daniel volta ao time. As principais dúvidas são: Ligger, após falhar e m dois jogos seguidos, segue no time ou Luiz Otávio volta a jogar ao lado de Conti? Daniel volta no lugar de um dos três volantes ou no lugar de um dos jogadores de frente? Matheus Teixeira segue no gol após tantas bolas na rede e a falha no último gol do Galo?

Atlético

O técnico do Atlético-MG, Cuca, não poderá contar com o zagueiro Nathan Silva, que já entrou em campo na Copa do Brasil pelo Atlético-GO. Quem também está fora é o lateral Guilherme Arana, que está com a Seleção Brasileira olímpica. Lesionados, Keno e Marrony também estão fora.

ATLÉTICO-MG X BAHIA - JOGO DE IDA DAS OITAVAS DE FINAL DA COPA DO BRASIL 2021

Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG), às 21h30

Árbitro: Raphael Claus (SP)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon e Evandro de Melo (ambos de SP)

Atlético-MG - Everson; Mariano, Réver (Igor Rabello), Junior Alonso e Dodô; Allan, Tchê Tchê e Nacho; Zaracho, Savarino e Hulk. Técnico: Cuca.

Bahia - Matheus Teixeira; Nino Paraíba, Conti, Ligger (Luiz Otávio) e Matheus Bahia; Jonas, Patrick de Lucca e Daniel; Rodriguinho (Lucas Araújo), Rossi e Gilberto. Técnico: Dado Cavalcanti.



Foto: Felipe Oliveira | EC Bahia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->