Festa é encerrada no sul da Bahia após polícia usar bombas para dispersar aglomeração; PM diz que foi recebida a tiros - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é

segunda-feira, julho 26, 2021

Festa é encerrada no sul da Bahia após polícia usar bombas para dispersar aglomeração; PM diz que foi recebida a tiros




Evento acontecia na localidade de Vila Valdete, em Porto Seguro. Segundo a polícia, militares foram agredidos verbalmente e pessoas arremessaram pedras e garrafas contra a corporação; ninguém ficou ferido.


Uma festa do tipo "paredão" foi encerrada na localidade de Vila Valdete, em Porto Seguro, no sul da Bahia, no domingo (25), após policiais utilizarem bomba de gás para dispersar a aglomeração. Segundo a Polícia Militar, na ação, uma das viaturas foi atingida por tiros. Ninguém ficou ferido.

Conforme a corporação, uma equipe foi enviada ao local após denúncia de aglomeração e, ao chegar, foi recebida com agressões verbais. Algumas pessoas arremessaram pedras e garrafas nos policiais. Por isso, ainda segundo a PM, foi necessário usar bomba de gás para dispersar a multidão.

Ao se aproximarem de um estabelecimento para realizarem abordagem, os policiais foram surpresos por alguns homens, que, segundo a PM, atiraram contra os policiais.

A porta de uma das viaturas foi atingida e ficou com marca dos disparos. Durante a ação, foi apreendido um aparelho de som que estava sendo utilizado na festa. Ninguém foi preso.

Outras aglomerações

Eventos com aglomerações também foram registrados na cidade de Catu, na região metropolitana de Salvador, segundo informações de moradores. Vídeos feitos por testemunhas, mostram pessoas em um bar no bairro de Aruanha, na noite de sábado (24), consumindo bebida alcoólica, sem máscara e não respeitando o distanciamento social. A Polícia Militar disse que não foi acionada para conter a festa.

Já em Vera Cruz, na Ilha de Itaparica, uma multidão foi filmada por moradores, que disseram que a aglomeração foi formada depois de uma partida de futebol na localidade da Gameleira. O público também não usava máscaras e não respeitava o distanciamento mínimo entre as pessoas.

Ainda segundo os moradores, o grupo só foi dispersado com a chegada da Polícia Militar.

No domingo (25), uma festa clandestina com cerca de 250 pessoas foi encerrada durante a madrugada, em um sítio na cidade de Vitória da Conquista, sudoeste da Bahia. Conforme a Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), a organizadora do evento foi conduzida à delegacia.

O evento, chamado de “Brega Fest 5ª Edição'', tinha até bilheteria. Pela quantidade de pessoas no evento, foi necessário solicitar o apoio de outras unidades. A responsável pelo evento foi identificada e os participantes da festa foram dispersados.



Foto: Reprodução/TV Bahia / G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

-->