Mais de 50 mil mortes intencionais ocorreram no Brasil em 2020; 78% das vítimas eram negras - Observador Independente

Acontecendo

Bem-vindo! Hoje é
PrefSSA

quinta-feira, julho 15, 2021

Mais de 50 mil mortes intencionais ocorreram no Brasil em 2020; 78% das vítimas eram negras



Em 2020, o número de mortes violentas intencionais chegou a 50.033, o que representa um aumento de 4% em relação a 2019. Do total de vítimas, 78,9% eram negras, 76,2% tinham entre 12 e 29 anos e 98,4% eram homens. Os dados constam no 15ª edição do Anuário Brasileiro de Segurança Pública, elaborado pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP) e divulgado nesta quinta-feira (16/7).


Pelo menos 78% das mortes totais foram causadas com o emprego de arma de fogo. O levantamento mostra, ainda, que 6.416 pessoas foram mortas em intervenções policiais no ano passado — 0,3% a mais do que no ano anterior. Já o número de policiais assassinados chegou a 194, dos quais 72% morreram no horário de folga. A Covid-19 tirou a vida de 472 policiais.

Conforme o anuário, também houve alta de 0,7% no total de feminicídios em 2020, com 1.350 mulheres mortas. Desse percentual, a maioria tinha entre 18 e 44 anos 44 anos (74,7%), eram negras (61,8 %) e foram assassinadas com o uso de arma branca (55,1%). A maioria (81,%) foi morta pelo companheiro ou ex-companheiro e 8,3% por outros parentes.

VIOLÊNCIA DOMÉSTICA E SEXUAL

No ano passado, houve um chamado de violência doméstica por minuto, e eles foram feitos principalmente por mulheres negras (61,8 %), entre 18 e 44 anos (74,7%). Foram 694.131 ligações de violência doméstica utilizando o 190, o que representa aumento de 16,3% na comparação com 2019.

O levantamento também mostra que o número de Medidas Protetivas urgentes concedidas pelos tribunais de justiça totalizou 294.440 (+3,6%) e os registros de lesão corporal dolosa por violência doméstica somaram 230.160 (-7,4%).

Já a violência sexual aumentou 14,1% com o número de estupros chegando a 60.460 novos casos, dos quais 86,9% eram mulheres e que foram abusadas por um conhecido (85,2%). A violência foi cometida contra 60,6% de pessoas com até 13 anos. A pesquisa mostra, também, que 73,7% dessas vítimas eram vulneráveis ou incapazes de consentir o ato.



‌Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.



Credito da foto: reprodução/Brasil de Fato

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opínião

NE-Sem fome
-->